0

Melo salva 3 match points e vai à semifinal em Pequim; Zverev é eliminado

No Japão, Bruno Soares e Jamie Murray são derrotados nas quartas de final

4 out 2018
13h59
  • separator
  • comentários

Amigos fora das quadras, Marcelo Melo e o alemão Alexander Zverev tiveram destinos opostos no Torneio de Pequim, nesta quinta-feira. Enquanto o brasileiro suou para salvar três match points e avançar à semifinal da chave de duplas, o número cinco do mundo no ranking de simples foi eliminado nas oitavas de final.

Melo e o polonês Lukasz Kubot sofreram bastante em quadra na disputa do equilibrado match tie-break, contra o indiano Rohan Bopanna e o francês Edouard Roger-Vasselin. Após salvarem os match points, brasileiro e polonês fecharam o jogo pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/4 e 12/10, em 1h27min de duelo.

Assim, garantiram vaga nas semifinais da competição chinesa, de nível ATP 500, disputada sobre quadra dura. Seus próximos adversários serão os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, que formam a dupla cabeça de chave número três da competição. Nesta quinta, eles venceram o ucraniano Denys Molchanov e o eslovaco Igor Zelenay por 4/6, 7/6 (7/2) e 10/8.

"Foi um jogo duro contra uma dupla que joga muito bem, tanto que perdemos para eles em Roland Garros neste ano. Aqui as condições são um pouco mais favoráveis para nós, por ser uma quadra mais rápida. O jogo foi para os dois lados. Eles tiverem três match points, conseguimos buscar. Foi bom termos passado. Agora é ir com confiança nessa semifinal", analisou Melo.

O brasileiro revelou ter sentido tontura em quadra ao levar uma bolada do próprio companheiro, logo num dos match points dos rivais. O Lukasz acertou uma devolução na minha cabeça. Fiquei um pouco tonto, esperei um pouquinho. Aí o Vasselin acabou dando dupla falta e terminou o jogo dessa maneira. Essa é a segunda semana que o Lukasz me dá uma bolada na cabeça e aí vamos ter que criar uma campanha para ver quem vai me fornecer um capacete, porque está difícil", disse o brasileiro, em tom de brincadeira.

DECEPÇÃO EM SIMPLES

Alexander Zverev não teve o mesmo rendimento que o amigo brasileiro. O tenista alemão, ex-número três do mundo, era o grande favorito contra o tunisiano Malek Jaziri, 61º do mundo. Mas acabou sucumbindo em três sets, com parciais de 7/6 (7/4), 2/6 e 6/4, em 2h33min.

Era apenas o segundo jogo de Zverev em Pequim. O alemão de 21 anos vem de uma eliminação na terceira rodada do US Open e de outra, na estreia, no Masters 1000 de Cincinnati. Jaziri vai enfrentar nas quartas de final o georgiano Nikoloz Basilashvili, que avançou ao derrotar o espanhol Fernando Verdasco por 7/6 (7/3) e 6/4.

Outro confronto das quartas terá o italiano Fabio Fognini e o húngaro Marton Fucsovics. O tenista da Itália, quarto cabeça de chave, superou nesta quinta o russo Andrey Rublev por 6/4 e 6/3, enquanto o atleta da Hungria despachou o italiano Marco Cecchinato, oitavo pré-classificado, por 6/4 e 6/2.

EM TÓQUIO

O brasileiro Bruno Soares e o escocês Jamie Murray não conseguiram passar da segunda partida no Torneio de Tóquio, no Japão. Nesta quinta-feira, a dupla foi eliminada na fase de quartas de final pelo japonês Yasutaka Uchiyama e pelo britânico Joe Salisbury pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/4), 4/6 e 10/3. Os rivais são convidados da organização.

Brasileiro e escocês foram derrotados mesmo sem sofrer nenhuma quebra de saque no jogo. Foram cinco breaks points, devidamente salvos pelos dois tenistas. Ao mesmo tempo, faturaram uma quebra sobre os adversários, que acabaram jogando melhor nos pontos decisivos e fecharam o jogo após 1h37min.

Com a queda, Soares e Murray encerram sua campanha na quadra dura do torneio japonês, de nível ATP 500, com apenas uma vitória, sobre o indiano Divij Sharan e sobre o neozelandês Artem Sitak, na estreia. Foi o primeiro torneio da dupla desde a queda nas quartas do US Open. Em Tóquio, eles formavam a dupla cabeça de chave número dois.

Na semifinal, Yasutaka Uchiyama e Joe Salisbury vão enfrentar o sul-africano Raven Klaasen e o neozelandês Michael Venus.

Na chave de simples de Tóquio, houve a definição dos confrontos das quartas de final, com ampla vantagem dos cabeças de chave nesta quinta. Maior favorito ao título a entrar em quadra nesta quinta, o sul-africano Kevin Anderson derrotou o norte-americano Frances Tiafoe por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/2.

O segundo cabeça de chave dominou o rival ao disparar 18 aces e acertar 80% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço. Após fechar o duelo em 2h08min, Anderson vai enfrentar o francês Richard Gasquet, oitavo cabeça de chave, que avançou ao desbancar o australiano Nick Kyrgios por 7/6 (7/4) e 7/6 (7/1).

Outro duelo das quartas de final terá o alemão Jan-Lennard Struff e o grego Stefanos Tsitsipas. Quinto pré-classificado, o tenista da Grécia despachou o australiano Alex de Minaur por 6/3, 5/7 e 6/1. Struff, por sua vez, bateu o francês Jeremy Chardy por 7/6 (7/3), 6/7 (2/7) e 6/4.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade