0

Melo e Kubot vencem o ATP 500 de Pequim e continuam em alta em 2018

7 out 2018
12h21
atualizado às 12h30
  • separator
  • comentários

Neste domingo, Marcelo Melo mostrou mais uma vez porque vive uma grande fase no tênis mundial mesmo com 35 anos de idade. Isso porque, neste domingo, ao lado do seu companheiro Lukasz Kubot, o brasileiro conquistou o ATP 500 de Pequim ao derrotar na grande decisão a dupla formada pelo austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic, por 2 sets a 0, parciais 6/1 e 6/4.

A dupla derrotada por Melo e Kubot é uma das mais fortes do circuito mundial, já que Marach e Pavic lideram o ranking da temporada. Além disso, o austríaco e o croata marcaram ainda mais seus nomes na história do tênis no começo do ano ao conquistarem o Aberto da Austrália, primeiro Major do ano e um dos torneios mais importantes do calendário mundial.

Curiosamente, essa não foi a primeira vez que as duplas se enfrentaram para decidir quem sairia campeão de um torneio, pois no ano passado os dois estiveram na grande final de Wimbledon, torneio mais tradicional do circuito. Na ocasião, Melo e Kubot também levaram a melhor, em partida histórica que foi decidida apenas no quinto set, e o brasileiro marcou seu nome na história do país e do tênis mundial.

Na final deste domingo, Kubot e Melo tiveram muito mais facilidade para conquistar o título, ainda mais após o primeiro set em que a dupla dominou boa parte dos pontos e não deu chances para os adversários se sentirem confortáveis na partida. Com isso, o polonês e o brasileiro venceram a primeira parcial por 6/1 e abriram boa vantagem na decisão do torneio chinês.

No segundo set, Marach e Pavic melhoraram e deram menos chances para o brasileiro e o polonês, melhorando o serviço e errando menos do que na primeira parcial. Mesmo assim, Melo e Kubot eram mais incisivos e conseguiram a quebra no sétimo game, o suficiente para manterem o saque em mais duas oportunidades e garantirem o título do ATP 500 de Pequim.

Nesta temporada, Marcelo Melo e Lukasz Kubot já conquistaram outros dois títulos: o 250 de Sydney e o 500 de Halle. Além disso, os dois estiveram na grande decisão do US Open há algumas semanas, porém foram derrotados para a dupla formada pelos americanos Mike Bryan e Jack Sock.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade