12 eventos ao vivo

Melo e Kubot são eliminados nos EUA; Cilic cai pelo simples

1 set 2017
16h43
atualizado às 20h03
  • separator
  • comentários

O Brasil só tem duas chances de título no Aberto dos Estados Unidos. Nesta segunda-feira, Marcelo Melo, quarto colocado no ranking de duplas da ATP, e o polonês Lukasz Kubot (3º) foram eliminados após perderem para os franceses Julien Benneteau (87º) e Edouard Roger-Vasselin (30º) por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7-2).

Após um começo de partida muito complicado, em que foi dominada pelos adversários no primeiro set, a dupla formada pelo brasileiro e pelo polonês bem que tentou esboçar uma reação, mas acabou saindo derrotada. Mesmo levando a segunda parcial para o tie-break, o número 3 e o número 4 do mundo nas duplas acabaram sendo facilmente superados.

Leia mais: Nadal aplica virada em japonês e avança no US Open

Com a derrota de Melo e Kubot, além das eliminações de Bia Haddad Maia, Rogerinho, Thomaz Bellucci e Thiago Monteiro, pelo simples, os únicos brasileiro ainda vivos no Grand Slam são Bruno Soares (7º) e Marcelo Demoliner (48º). O primeiro atua ao lado do britânico Jamie Murray (6º), enquanto o segundo participa das duplas com o neozelandês Marcus Daniell (45º).

Contudo, um dos brasileiros irão cair na próxima rodada porque eles irão se enfrentar após ,também nesta sexta-feira, Marcus Daniel e Marcelo Demoliner vencerem Cerreno-Busta e Verdasco por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 e 6/4.

Garantidos nas oitavas de final, Benneteau e Vasselin também terão que aguardar o desenvolvimento do torneio para conhecerem seus futuros adversários nas quadras de Nova York.

Cilic cai diante de argentino

Pelo simples do US Open, o grande destaque da tarde ficou por conta da eliminação de Marin Cilic. O croata número 7 do mundo encarou David Schwartzman (33º), saiu na frente, mas acabou derrotado depois de uma grande atuação do argentino, que selou a vaga com uma vitória por 3 a 1 (4/6, 7/5, 7/5 e 6/4).

Classificado às oitavas de final, Schwartzman terá que esperar para conhecer seu futuro adversário. Ele encara o vencedor do duelo entre o francês Lucas Pouille (20º) e o cazaque Mikhail Kukushkin (103º), que se enfrentam ainda nesta sexta-feira.

Com a queda de Cilic, o torneio norte-americano terá, com certeza, um finalista inédito em Grands Slams. Do lado dos menos ranqueados da tabela, o croata era o único que havia chegado a uma decisão deste tipo, a exemplo do francês Jo-Wilfried Tsonga e do espanhol David Ferrer (25º), eliminados precocemente nesta semana.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade