1 evento ao vivo

Luisa Stefani alcança primeira final no WTA e garante vaga no top 100

21 set 2019
10h12
  • separator
  • 0
  • comentários

Luisa Stefani se classificou, na manhã deste sábado, para sua primeira final de WTA da carreira, jogada em Seul, na Coreia do Sul, em evento de primeira linha do circuito mundial com premiação de 250 mil dólares. A tenista paulista, atual número 112 do mundo, aparecerá entre as 90 melhores no ranking caso vença a final, neste domingo.

A paulista número 112 do mundo e a americana Hayley Carter superaram a dupla da brasileira Laura Pigossi e a chinesa Yafan Wang por 2 sets a 0 (Foto: Korea Open)
A paulista número 112 do mundo e a americana Hayley Carter superaram a dupla da brasileira Laura Pigossi e a chinesa Yafan Wang por 2 sets a 0 (Foto: Korea Open)
Foto: Gazeta Esportiva

Stefani e a americana Hayley Carter superaram a dupla composta pela brasileira Laura Pigossi e a chinesa Yafan Wang por 6/0 6/2 em apenas 48 minutos. Agora, elas encaram a dupla da alemã Tatjana Maria e da espanhola Lara Arruabarrena, por volta das 4h (de Brasília), na madrugada deste domingo.

"Muito bom o jogo, jogamos muito sólidas, poucos erros, bem decididas. Primeiro set foram três games com 40 iguais e o ponto decisivo que ganhamos que foram importantes. Conseguimos manter o controle. Animada com minha primeira final, jogo bom amanhã e vamos que vamos, muito feliz", revelou.

A tenista de 22 anos já garantiu vaga inédita também no grupo das 100 melhores do mundo, ficando no mínimo na 99º colocação. Ela passa a ser a sexta brasileira na história com um posto no grupo que já teve Beatriz Haddad Maia, Paula Gonçalves, Claudia Monteiro, Niege Dias e Vanessa Menga. Maria Esther Bueno é multicampeã de Grand Slams, mas o ranking mundial só passou a ser computado em 1973.

"Entrar no top 100 por enquanto não muda nada, o foco é ganhar o título amanhã, ainda temos um jogo e precisamos nos manter jogando neste nível e continuar indo bem no resto da gira no ano", concluiu.

Stefani foi top 10 juvenil em 2015 e, nesta temporada, disputa o circuito profissional integralmente após passar pelo circuito universitário americano onde atuou pela renomada Pepperdine University e chegou a ocupar o segundo lugar no ranking dos atletas universitários dos Estados Unidos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade