PUBLICIDADE

Igor Marcondes luta por 3h, mas é vice em Sto. Domingo

Brasileiro terá subida no ranking

13 jun 2021 21h56
ver comentários
Publicidade

Igor Marcondes, atleta da ADK Tennis, do Itamirim Clube de Campo, em Itajaí (SC), foi vice-campeão neste domingo no torneio de Sto. Domingo, na República Dominicana, evento no piso duro com premiação de US$ 25 mil.

Divulgação
Divulgação
Foto: Lance!

Q atleta da equipe catarinense, acompanhado pelo treinador Luiz Peniza, batalhou por 3h07min marcando 6/7 (7/5) 6/1 7/6 (7/2) na final.

"Jogo duro hoje, já conhecia conhecia ele. Tentei entrar focado em fazer o meu, consegui fazer bastante no primeiro set e no terceiro. No segundo teve um game duro que acabei tendo uma bola na mão e acabei saindo do set , mas consegui entrar focado no terceiro, tive algumas chances no final, não consegui aproveitar muito por mérito dele também. Essa foi uma derrota dolorida. Diferente da Tunísia, entrei no jogo, tive chances, foi parelho ", disse Marcondes que fez sua segunda final nos últimos três torneios.

"Título não veio ainda, mas estamos no caminho certo . Foram duas semanas boas aqui na República Dominicana. Semana passada perdi na estreia, mas perdi pra um cara que vinha de dois títulos seguidos e é isso. Estou melhorando, meu nível está subindo. É seguir trabalhando, a cada segunda-feira é uma nova semana e nova oportunidade no tênis, é cabeça no lugar e seguindo".

Marcondes retorna para Itajaí e no meio de julho disputa quatro torneios nos Estados Unidos.

Lance!
Publicidade
Publicidade