0

Dimitrov vence Goffin pela 2ª vez e conquista Finals invicto

19 nov 2017
19h06
atualizado às 20h19
  • separator
  • comentários

O búlgaro Grigor Dimitrov sagrou-se campeão invicto do ATP Finals 2017. No final da tarde deste domingo, o búlgaro encarou o belga David Goffin, pela decisão do torneio que encerra a temporada do tênis, e voltou a vencer, desta vez por 2 sets a 1, com parciais de 7/5 e 4/6 e 6/3. O tenista do leste-europeu venceu todos os cinco confrontos que disputou pela competição realizada em Londres, passando pelo austríaco Dominic Thiem, pelo espanhol Pablo Carreño Busta, pelo norte-americano Jack Sock, e por Goffin duas vezes, a primeira delas ainda na fase de grupos.

Foto: Reuters

Em um jogo de 2h31min de duração, os adversários apresentaram momentos alternados de domínio. No primeiro set, após ambos os finalistas oscilarem muito, desperdiçando seus respectivos serviços duas vezes cada, Dimitrov desequilibrou no oitavo game, conquistando a quebra, e encaminhou a vitória (7/5). Já na segunda parcial, Goffin tratou de dominar a situação, superando o serviço do oponente no sétimo game para vencer tranquilamente (6/4).

Depois de permitir o empate, o búlgaro se recuperou em quadra e apresentou um alto nível para se sagrar campeão. Na parcial decisiva, ele contou com um saque potente e ainda quebrou o serviço do rival no sexto game para encerrar a contagem em solo inglês (6/3).

Foto: Reuters

Só de ter chegado à final, superando Jack Sock no último sábado, Dimitrov já havia pulado do sexto para o terceiro lugar do ranking da ATP, chegando a 4650 pontos. Já com o título nas mãos, o tenista do leste-europeu foi a 5150 pontos e só ficou atrás do espanhol Rafael Nadal, líder (10645), e do suíço Roger Federer, segundo colocado (9605).

Do outro lado, Goffin termina o ano subindo do oitavo para o sétimo lugar, com 4275 pontos, graças à uma impressionante classificação para decisão do Finals. Na semifinal, o belga de 26 anos superou a lenda Roger Federer, em uma partida emocionante, na qual conquistou a virada com 6/3 e 6/4, após sair atrás por 6/2. Além disso, ele deixa 2017 com um ótimo balanço, tendo vencido seu primeiro torneio de ATP 500 da carreira (Tóquio, em outubro) e chegado à final da Copa Davis, contra o Reino Unido.

Este foi o quinto encontro entre Dimitrov e Goffin somente nesta temporada e o sexto no total. O búlgaro levou a melhor na maioria deles, tendo perdido apenas um, em Roterdã. Na fase de grupos do ATP Finals 2017, ele já havia superado o belga, aplicando um sonoro  2 a 0, com parciais de 6/0 e 6/2.

Foto: Reuters
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade