PUBLICIDADE

Gilbert Klier é pego no exame anti-doping e suspenso provisoriamente

Tenista treina no Rio de Janeiro

24 jun 2022 - 13h23
Ver comentários
Publicidade

Atleta que treina no Rio de Janeiro, o brasiliense Gilbert Klier foi pego no exame anti-doping e suspenso provisoriamente pelo órgão ITIA, o International Tennis Integrity Association.

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram
Foto: Lance!

O brasileiro de 22 anos foi suspenso provisoriamente de acordo com o artigo 7.12.1 do Programa Antidoping de Tênis. A ITIA enviou ao jogador um aviso prévio de uma Violação da Regra Antidoping em 9 de junho, de acordo com o Artigo 2.1 do Programa (presença de uma Substância Proibida na Amostra de um Jogador) e Artigo 2.2 (Uso de uma Substância Proibida sem uma TUE válida), confirmando que foram suspensas provisoriamente a partir dessa data.

Klier Junior é o 367 do mundo e vivia seu melhor momento no circuito. Ele foi flagrado em abril durante o challenger da Cidade do México.

Essa amostra foi dividida em amostras A e B e a análise subsequente descobriu que a amostra A continha SARM S- 22, que é uma substância proibida não especificada listada na Lista Proibida da Agência Mundial Antidoping de 2022 (WADA). O SAR S-22 é um anabolizante sintético. A substância é a mesma com a qual Beatriz Haddad Maia foi pega em 2019. Na época Bia pegou nove meses de suspensão após comprovar que havia tomado a substância através de contaminação cruzada.

De acordo com o ITI, "o jogador exerceu seu direito de solicitar que a amostra B fosse analisada, o que confirmou o achado na amostra A. Enquanto provisoriamente suspenso, o jogador fica inelegível para competir ou participar de quaisquer eventos de tênis autorizados, organizados ou sancionados pelos órgãos dirigentes do esporte".

Lance!
Publicidade
Publicidade