0

Finalista da Copa Davis vence Federer de virada e faz história em Londres

18 nov 2017
14h24
atualizado às 14h48
  • separator
  • comentários

Surpreendente. É dessa forma que a vitória de David Goffin sobre Roger Federer por 2 sets a 1, parciais de 2/6, 6/3 e 6/4 pode ser definida. Os dois tenistas se enfrentaram para decidir quem seria o primeiro finalista do ATP Finals de 2017 e para surpresa de todos que acompanhavam a partida na O2 arena, o belga venceu de virada e conquistou sua maior vitória na carreira.

No primeiro set, Federer mostrou porque teve uma de suas melhores temporadas na carreira mesmo com 36 anos. Com uma boa porcentagem de primeiro serviços e mostrando bastante agressividade, o suíço anulou qualquer chances do belga de usar uma tática eficiente e com isso o atual número dois do mundo fechou a primeira parcial em 6/2.

Já no set seguinte, Goffin começou mais concentrado e, com poucos erros não forçados, quebrou o serviço de Federer pela primeira vez no jogo e abriu 2 games a 0. Um pouco incomodado com a desvantagem, o suíço começou a ter mais erros não forçados e viu o belga fechar a parcial por 6/3 e empatar o confronto que se encaminhava para o terceiro e último set.

Com a confiança em alta, o tenista belga começou novamente bem a parcial e conseguiu mais uma quebra diante de Federer, dificultando ainda mais a vida do maior vencedor de Grand Slams desde a Era Aberta do Tênis. Goffin conseguiu manter a quebra de vantagem, vencer os pontos decisivos e conseguir uma das vitórias mais marcantes da temporada de 2017 do tênis.

Goffin tem muito a comemorar coma incrível vitória sobre Federer. O belga jamais tinha ganho uma partida do adversário, com seis derrotas nos confrontos anteriores. Além disso, o atual número oito do mundo conquistou o primeiro título de ATP 500 nesse ano e disputará a final da Copa Davis contra o Reino Unido, podendo fechar uma temporada mágica na sua carreira.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade