0

Federer sofre, mas vence jovem russo na estreia no Masters de Xangai

Número dois do mundo irá enfrentar espanhol Roberto Baustista Agut na próxima fase

10 out 2018
13h35
  • separator
  • comentários

O suíço Roger Federer sofreu mais do que esperava para vencer em sua estreia no Masters 1000 de Xangai, na China, nesta quarta-feira. O tenista número dois do mundo precisou de quase duas horas para superar o jovem russo Daniil Medvedev, de 22 anos, pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/4.

Atual campeão na quadra dura e rápida de Xangai, Federer teve dificuldades desde o início da partida. Ele faturou uma quebra de saque logo no primeiro game da partida e abriu 2/0. Mas o rival, 22º do ranking, devolveu a quebra na sequência e virou para 3/2. O duelo seguiu equilibrado até o favorito converter seu segundo set point ao faturar nova quebra.

Na segunda parcial, Federer oscilou em quadra e, quando sacava para empatar o set em 5/5, vacilou e sofreu a quebra, no único break point que concedeu na parcial. No set decisivo, o suíço precisou salvar um break point no início para se manter no jogo e aproveitou um momento de hesitação do rival para obter a quebra decisiva no nono game para fechar o duelo.

O vice-líder do ranking terminou o jogo com 38 bolas vencedoras, contra 28 do russo, no primeiro confronto entre eles no circuito. Mas cometeu mais erros não forçados: 27 a 23. O triunfo garantiu o suíço nas oitavas de final. E manteve sua busca pelo bicampeonato, necessário para sustentar a segunda colocação do ranking. Em caso de insucesso, ele será superado pelo sérvio Novak Djokovic.

Nas oitavas, Federer vai duelar com o espanhol Roberto Bautista Agut, que avançou ao derrotar o norte-americano Mackenzie McDonald também por 2 a 1, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/1. Se confirmar o favoritismo, o suíço poderá cruzar com o japonês Kei Nishikori nas quartas de final.

Oitavo cabeça de chave, Nishikori contou com uma forte reação para vencer de virada nesta quarta. Ele despachou o local Yibing Wu por 2 a 1, com parciais de 3/6, 6/0 e 6/3. Na sequência, o tenista asiático vai enfrentar o norte-americano Sam Querrey, que desbancou o compatriota Taylor Fritz por 6/3, 6/7 (4/7) e 7/5.

Outros dois cabeças de chave avançaram nesta quarta. Vice-campeão do Torneio de Pequim, no fim de semana, o argentino Juan Martín del Potro bateu o francês Richard Gasquet por 7/5 e 7/6 (9/7), em sua estreia. Recuperado de uma gripe que prejudicou o seu desempenho na semana passada, o terceiro cabeça de chave vai encarar agora o croata Borna Coric.

Já o alemão Alexander Zverev, quarto pré-classificado, eliminou o georgiano Nikoloz Basilashvili, o surpreendente campeão do Torneio de Tóquio no fim de semana, por 7/5 e 6/4. Seu próximo adversário será o australiano Alex De Minaur, que venceu o francês Benoit Paire por 6/4 e 6/3.

Sem entrar em quadra nesta quarta, Novak Djokovic conheceu seu próximo rival. Será o italiano Marco Cecchinato, seu algoz em Roland Garros. O tenista da Itália superou o sul-coreano Hyeon Chung por 4/6, 7/6 (7/5) e 7/6 (7/5).

Ainda nesta quarta-feira, o britânico Kyle Edmund venceu o italiano Andreas Seppi por 6/3 e 6/4, enquanto o sul-africano Kevin Anderson bateu o casaque Mikhail Kukushkin por 6/3 e 6/2. E o grego Stefanos Tsitsipas despachou o russo Karen Khachanov por 6/4, 7/6 (10/8).

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade