PUBLICIDADE

Federer: o pior já passou na reabilitação após cirurgia

O tenista de 40 anos estava mais otimista em entrevista concedida nesta semana à rádio suíça

21 set 2021 12h46
ver comentários
Publicidade

No vídeo em que anunciou uma nova cirurgia no joelho direito, que o tirou do restante da temporada, o suíço Roger Federer mostrava um pouco de frustração e desânimo pela novidade, mas isso tudo parece ser coisa do passado. O tenista de 40 anos estava mais otimista em entrevista concedida nesta semana à rádio suíça Schweizer Radio und Fernsehen.

Roger Federer segue em recuperação de cirurgia no joelho
07/07/2021 Peter van den Berg-USA TODAY Sports
Roger Federer segue em recuperação de cirurgia no joelho 07/07/2021 Peter van den Berg-USA TODAY Sports
Foto: Reuters

"O pior já passou, estou ansioso por tudo o que está por vir", afirmou o ex-número 1 do mundo. "Quando você volta depois de uma lesão, cada dia é um dia melhor, um momento emocionante. Passei por isso no ano passado e não é um problema que vá afetar o meu lado mental", complementou o suíço.

Federer sabe que retornar ao circuito profissional será um desafio, porém está disposto a se empenhar neste processo. "Quero retomar as atividades físicas e voltar para a quadra o mais rápido possível, mas isso ainda requer um pouco de paciência", observou o tenista.

Um dos responsáveis pela criação e organização da Laver Cup, o suíço ficará de fora do evento pela primeira vez neste ano e não competirá nesta semana em Boston, nos Estados Unidos. "Isso me dói muito, é claro", disse Federer.

Ele acompanhará de longe o duelo entre a Europa e o resto do mundo. "Serão três dias muito intensos de tênis", observou Federer, que pretende voltar a disputar a Laver Cup em 2022, quando será disputada em Londres. "É um dos meus objetivos, algo que eu realmente gostaria de fazer", complementou o suíço.

Estadão
Publicidade
Publicidade