0

Federer explica por que levou virada surpreendente de Goffin

19 nov 2017
15h21
  • separator
  • comentários

Eliminado de forma surpreendente no último sábado, Federer afirmou que está feliz com o que produziu este ano apesar da derrota. O maior vencedor de Grand Slams desde a Era Aberta também destacou que seu baixo aproveitamento no serviço foi fatal para que Goffin o derrotasse pela primeira vez na carreira.

"Bom, ele achou um jeito de me vencer", brincou, referindo-se à entrevista de Goffin na véspera, quando disse que tentaria algo novo após seis derrotas consecutivas. "Ele fez uma grande partida. Não é fácil reagir após perder o primeiro set neste torneio. Foi o melhor em quadra. Eu não saquei tão bem no segundo set e permiti sua reação", afirmou Federer após a derrota.

O atual número dois do mundo ressaltou que está muito bem fisicamente. "Não tenho qualquer problema no joelho e as dores nas costas só vieram em Montréal, por isso decidi saltar Cincinnati. No fundo, estou muito aliviado por terminar a temporada muito bem fisicamente. Agora, descanso duas semanas com a família e começo a me preparar em dezembro para a Copa Hopman.

"Foi um ano incrível para mim. Joguei em alto nível, o que foi especial e brilhante. Me diverti como nunca e cheguei a conquistas que pensei que jamais imaginei que poderia repetir. Claro que é decepcionante acabar com esta derrota, mas não podemos ficar triste diante de uma grande temporada", destacou Federer.

"Não é fácil se adaptar novamente, o processo pode ser um pouco lento. É um desafio para o corpo e para o time. Há de se ter paciência se os resultados não vierem no começo da temporada. Possivelmente, se jogarem no seu nível, estarão de volta ao topo do ranking no meio da temporada. Estou ansioso para vê-los novamente na Austrália. Creio que o próximo Grand Slam vai ser tremendo, com os que retornam e as jovens estrelas que despontam", finalizou o suíço.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade