0

Federação austríaca rejeita tributo para Esther Bueno em amistoso

10 jun 2018
14h02
atualizado às 15h21
  • separator
  • comentários

No último amistoso antes da Copa do Mundo, a Seleção Brasileira enfrentou a Áustria durante a manhã deste domingo, no Estádio Ernst Happel. A tenista Maria Esther Bueno, falecida na última sexta-feira, não foi homenageada com um minuto de silêncio em função de um veto da federação local.

De acordo com informação publicada pela CBF, a federação austríaca manifestou sua discordância em homenagear Maria Esther Bueno em uma reunião prévia ao amistoso. Assim, a tenista foi lembrada por meio de imagens exibidas no telão do estádio em Viena.

Após o jogo, durante sua entreviste coletiva, o técnico Tite citou Maria Esther Bueno. "Que homenagem bonita no telão. É um ícone, uma história e uma idolatria toda. Fica aqui aos familiares todo o nosso respeito e solidariedade", disse o comandante da Seleção.

Maria Esther Bueno conquistou 19 títulos de Grand Slam - em simples, foi tricampeã de Wimbledon (1959, 1960 e 1964) e tetra no Aberto dos Estados Unidos (1959, 1963, 1964 e 1966). Na última sexta-feira, vitimada por um câncer, faleceu aos 78 anos de idade.

Dentro de campo, com gols Gabriel Jesus, Neymar e Philippe Coutinho, a Seleção Brasileira ganhou por 3 a 0 da Áustria no ensaio derradeiro antes do Mundial. Às 15 horas (de Brasília) do próximo domingo, o time dirigido por Tite enfrenta a Suíça, em Rostov.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade