1 evento ao vivo

Djokovic passa fácil por Nadal e fatura o hexa em Pequim

11 out 2015
10h57
atualizado às 12h01
  • separator
  • comentários

Líder do ranking mundial, Novak Djokovic passará mais uma temporada sem saber o que é perder no ATP 500 de Pequim. Na manhã deste domingo (11), o sérvio derrotou com facilidade o velho rival Rafael Nadal, número oito do mundo, por 2 sets a 0, com duplo 6/2, em apenas 1h30 de confronto, e se tornou hexacampeão do torneio chinês.

Novak Djokovic alcançou sua 22ª vitória contra Rafael Nadal e ficou a uma de igualar o duelo
Novak Djokovic alcançou sua 22ª vitória contra Rafael Nadal e ficou a uma de igualar o duelo
Foto: Getty Images

Além deste ser o 29º triunfo consecutivo em Pequim, foi também a segunda vitória de Nole sobre o espanhol na decisão de Pequim em dois anos, já que derrotou o canhoto de Mallorca também em 2013. Djokovic venceu todas as edições do torneio desde 2009, deixando de erguer o troféu apenas em 2011, quando não disputou a competição.

O resultado ainda reforça o título de freguês que Rafael Nadal vem adquirindo diante de Novak na atual temporada. Em 2015, os dois se enfrentaram três vezes, todas vencidas pelo sérvio, que não perdeu sequer um set para o espanhol. A última vez que o “Touro Miura” saiu vitorioso de um duelo com Nole foi na final de Roland Garros do ano passado, quando venceu por 3 sets a 1.

O duelo deste domingo não foi diferente. Djoko começou atacando o serviço de Nadal logo de cara e conseguiu a quebra para abrir 2/0 em seguida. O espanhol só conseguiu ameaçar o domínio do sérvio no sexto game, mas mesmo assim não aproveitou as duas chances que teve para devolver a quebra e continuou atrás no marcador (4/2).

Para piorar, Rafa voltou a ter o saque rechaçado no game seguinte e, na sequência, viu Nole confirmar a quebra com facilidade e vencer o primeiro set.

O roteiro permaneceu o mesmo na segunda parcial. O melhor tenista da atualidade se manteve agressivo tanto em seus games de serviço quanto nos de devolução. Resultado: mais duas quebras a favor para Djokovic e o hexacampeonato em Pequim.

Agora, Novak Djokovic soma 56 títulos na carreira, sendo oito deles conquistados somente na atual temporada. O troféu do ATP de Pequim vem acompanhado de uma premiação de 655 mil dólares (cerca de R$ 2,5 milhões), além de garantir mais 500 pontos para o ranking mundial.

Os dois voltarão à quadra nesta semana pelo Masters 1000 de Xangai, onde o suíço Roger Federer defenderá sua conquista de 2014.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade