2 eventos ao vivo

Djokovic leva virada e está eliminado de Monte Carlo

19 abr 2018
11h42
atualizado às 11h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Novak Djokovic está eliminado do Masters 1000 de Monte Carlo. Enfrentando o austríaco Dominic Thiem, o sérvio até venceu o primeiro set, porém sofreu a virada e está eliminado do torneio após uma derrota por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/2), 2/6 e 3/6, em pouco mais de 2 horas e meia de partida.

O primeiro set dava sinais que seria facilmente vencido por Thiem. Com um jogo agressivo, o austríaco soube controlar o adversário e conseguiu uma quebra logo de cara, abrindo 3 a 0 no placar. Administrando esta vantagem, o sétimo melhor tenista do planeta teve três set points entre o oitavo e nono game. No entanto, o sérvio soube se recuperar e após conseguiu uma quebra no game, levou  para o tie-break, vencido sem grande dificuldades pelo ex- número 1 do planeta.

No segundo set, Thiem demonstrou uma maior segurança no duelo. Sem sofrer muito com os ataques do rival, o austríaco soube os momentos de forçar Djokovic ao erro. Dessa maneria, o sétimo colocado no ranking conseguiu duas quebras nos serviços do sérvio e empatou a partida.

No set decisivo,  Djokovic buscou uma quebra no saque adversário logo nos primeiros games. No entanto, Thiem mostrou uma boa condição de jogo e conseguiu se manter na partida sem sofrer a quebra do seu saque. No sétimo game, Thiem surpreendeu o sérvio e conseguiu a vantagem na parcial decisiva. O ex-número 1 do mundo até tentou responder logo na sequência, porém o austríaco se defendeu bem e confirmou a vitória com uma nova quebra em Djokovic.

Com a vitória, o austríaco confirma sua vaga nas quartas de final do torneio. O tenista número sete do mundo espera o vencedor do confronto entre Rafael Nadal e Kharen Khachanov, que se enfrentam ainda nesta quinta-feira.

Zverev vence compatriota e avança

Mais cedo, o atual quarto melhor tenista do planeta, o alemão Alexander Zverev, derrotou o compatriota Jan-Lennard Struff, número 61, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6, 6/4. Num confronto que se mostrou mais complicado que o esperado. Com uma enorme quantidade de erros não forçados, o favorito acabou entregando muitos pontos para o adversário, porém soube dosar o seu ímpeto nos momentos corretos e confirmou o favoritismo, avançando para as quartas de final.

Outro confronto interessante pela manhã marcou o encontro entre David Goffin, número 10 do mundo, e Roberto Bautista, número 16. Ao final, melhor para o belga, que conseguiu a sua classificação após aplicar 2 sets a 0 no rival, com parciais de 6/4 e 7/5.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade