0

Djokovic confirma favoritismo e vence troféu inédito em Tóquio

6 out 2019
09h57
atualizado às 09h57
  • separator
  • 0
  • comentários

Confirmando seu favoritismo, Novak Djokovic conquistou o título no ATP 500 de Tóquio, na madrugada deste domingo, ao vencer o australiano John Millman por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, em apenas 1 hora e nove minutos de partida. Com esse resultado, Djoko não só conquistou um troféu inédito, como também garantiu sua permanência na liderança do ranking pelo menos até o Masters 1000 de Paris, daqui a um mês.

Este foi o 76º troféu do sérvio, no entanto, o primeiro conquistado em Tóquio. E ele gosta disso: esta foi a décima vez que Nole conquistou um título logo em sua estreia. Para finalizar, foi a quarta conquista nesta temporada (anteriormente ele havia vencido Wimbledon, Australian Open e Madri, além do vice em Roma).

O novo título também afasta qualquer rumor de sua piora no ombro. Ele vinha reclamando de lesão desde Cincinnati, sendo que precisou abandonar o US Open nas oitavas de final, quando perdia para Stan Wawrinka.

Outra boa notícia é que, ao atingir 10.365 pontos com essa vitória em solo japonês, Djokovic se garantiu na liderança do ranking da ATP independentemente da campanha que realizar no Masters 1000 de Xangai, na próxima semana. Além disso, ele está agora 1.145 à frente do espanhol Rafael Nadal, que não disputará o torneio por conta de uma lesão na mão esquerda.

O jogo - Djokovic nunca perdeu para Millman e, desta vez, foi dominante durante toda a partida. Ele aproveitou seus bons saques e não foi quebrado em nenhum momento, além de ter um grande aproveitamento em suas chances de quebra (foram três de quatro oportunidades).

No primeiro set, ele conseguiu abrir 3 a 1 após oscilação do australiano, encerrando com tranquilidade em 6/3. Já no segundo set, confiante, o sérvio quebrou os dois primeiros games e rapidamente abriu 3 a 0, encaminhando a vitória.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade