7 eventos ao vivo

Djokovic celebra retorno ao topo do ranking após dois anos

2 nov 2018
12h01
  • separator
  • comentários

Após sofrer com uma lesão que o tirou das quadras por um bom tempo, Novak Djokovic voltou a ter boas atuações, venceu na estreia do Masters 1000 de Paris e retomou a liderança do ranking da ATP pela primeira vez desde outubro de 2016.

Após a vitória sobre o bósnio Damir Dzumhur, que acabou desistindo durante a estreia do Masters 1000 de Paris, o sérvio celebrou o fato, relembrando sobretudo a lesão que sofreu.

"Refletindo sobre o que eu passei no ano passado, é uma conquista fenomenal. Estou muito feliz e orgulhoso disso", disse.

Além disso, o jogador relembrou também que há cerca de cinco meses não figurava sequer entre os 20 primeiros colocados do ranking, e disse que espera seguir como número 1.

"Sempre acredito em mim mesmo, mas cinco meses atrás era altamente improvável (a volta à liderança), considerando meu ranking e a maneira como estava jogando e me sentindo em quadra. Provavelmente vou poder falar mais profundamente sobre isso quando a temporada acabar e espero encerrá-la como número 1", afirmou.

Por fim, Novak Djokovic já projetou o próximo duelo no Masters 1000 de Paris, diante do croata Marin Cilic, pelas quartas de final do torneio.

"Vai ser um jogo difícil. Seus primeiros saques são muito, muito rápidos, e ele usa muito spin e variação em seu saque…Se ele tive uma alta porcentagem de primeiro saque, será um grande desafio enfrentá-lo, mas estou ansioso para isso e vai ser um grande jogo", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade