0

Djokovic arrasa Tsitsipas e vai pegar Dimitrov na semifinal do Masters de Paris

Líder do ranking mundial, sérvio foi amplamente superior e venceu em 58 minutos

1 nov 2019
14h31
  • separator
  • 0
  • comentários

Com uma atuação arrasadora nesta sexta-feira, Novak Djokovic precisou de apenas 58 minutos para vencer o grego Stefanos Tsitsipas por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2, e garantir vaga nas semifinais do Masters 1000 de Paris.

Líder do ranking mundial e cabeça de chave número 1 da competição realizada em quadras duras e cobertas na capital francesa, o tenista sérvio assim avançou sem maiores problemas para lutar por um lugar na decisão neste sábado. O seu próximo rival será o búlgaro Grigor Dimitrov, 27º colocado da ATP, que em outro confronto já encerrado nesta sexta derrotou o chileno Cristian Garin por 6/2 e 7/5.

Atuando diante do atual sétimo tenista do mundo, Djokovic foi amplamente superior durante este jogo válido pelas quartas de final. Além de confirmar todos os seus saques sem oferecer nenhuma chance de quebra ao grego, ele converteu quatro de nove break points para assegurar o seu triunfo de forma rápida.

Essa foi a terceira vitória do sérvio em quatro partidas com Tsitsipas, de 21 anos, que havia surpreendido o experiente rival de 32 no duelo anterior entre os dois no circuito profissional. Três semanas atrás, o jovem eliminou o adversário nas quartas de final do Masters 1000 de Xangai, na China, com uma vitória por 2 sets a 1.

Campeão do Masters de Paris em 2009, 2013, 2014 e 2015, Djokovic foi derrotado pelo russo Karen Khachanov na decisão do ano passado na capital francesa. E ele almeja um pentacampeonato da competição já sabendo que deixará a condição de líder do ranking na próxima segunda-feira, quando a listagem da ATP voltará a ser atualizada.

O sérvio perderá este posto de número 1 do mundo para o espanhol Rafael Nadal, que apenas somará pontos até o fim do ano, sem descontos de pontuação que poderiam ser provocados ao sofrer derrotas, porque esteve ausente dos torneios realizados nesta mesma época da temporada, em 2018, por motivo de lesão.

Os outros dois semifinalistas do Masters de Paris serão definidos nesta sexta-feira. Um deles sairá do duelo entre o canadense Denis Shapovalov e o francês Gael Monfils. Em seguida, Nadal defenderá favoritismo contra outro tenista da casa: Jo-Wilfried Tsonga.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade