0

Dimitrov confirma favoritismo; surpresa australiana desbanca Zverev

5 jan 2018
12h27
  • separator
  • comentários

A temporada do tênis começa com desafios diferentes aos principais tenistas do mundo. Pensando na disputa do Aberto da Austrália, que acontece na segunda metade de janeiro, Grigor Dimitrov e  Alexander Zverev, atuais terceiro e quarto colocados no ranking mundial, disputam neste início de ano torneios preparatórios.

No caso de Dimitrov, o búlgaro disputa o torneio de Birsbane, na Austrália, de nível 250, e está classificado para a semifinal da competição. A classificação foi confirmada na manhã desta sexta-feira, quando venceu Kyle Edmund por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (3/7) e 6/4.

Em uma partida complicada, com mais de duas horas e meia de duração, o atual número três do planeta conseguiu a vitória no primeiro set com um única quebra no oitavo game. No segundo set, a partida foi ainda mais equilibrada e, sem contar com nenhuma quebra de serviço, precisou ser decido no tie-break. No desempate, Dimitrov acabou errando mais que seu adversário e acabou sendo derrotado, levando a partida em um 1 a 1.

O terceiro set também dava mostras de complicação para o búlgaro. No entanto, quando o placar mostrava um empate em quatro a quatro em games, o tenista britânico acabou caindo na quadra, sofrendo fortes dores no tornozelo direito. Apesar de não ser o suficiente para que desistisse da partida, claramente Edmund não conseguiu desempenhar o mesmo ritmo e acabou sendo batido por um 6/4.

Se a vitória de Dimitrov apresentou uma surpresa pela dificuldade da partida, no caso de Zverev foi ainda mais surpreendente. Enfrentando um outro tenista da nova geração, o alemão acabou surpreendido pelo australiano Thanasi Kokkinakis por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 7/6 (7/4) e 6/4, em partida válida pela Copa Hopman.

A derrota chama a atenção, já que Zverev é tido como um dos principais jovens tenistas do planeta, atingindo o TOP 5 do mundo com apenas 20 anos. E o alemão deu mostras desse seu favoritismo inevitável logo no primeiro set, quando conseguiu se mostrar mais sólido no momento decisivo da parcial para fechar o set em um 7/5.

Porém, o ritmo de Zverev caiu na mesma proporção que o australiano intensificou as suas jogadas. Com a parcial no tie-break. o alemão foi pouco regular e viu Kokkinakis fechar o set com três quebras de serviço no desempate. No último set. o australiano seguiu sendo mais forte e consistente que o rival e conseguiu um quebra de saque no quinto game. Com a vantagem, o jovem promissor de 21 conseguiu fechar a partida com um 6/4.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade