1 evento ao vivo

Tenistas sérvios exigiriam R$ 580 mil para defender país na Davis

22 set 2012
10h28
atualizado em 16/6/2018 às 14h07

De acordo com o site do diário Kurir, de Belgrado, tenistas sérvios exigem o pagamento de 220 mil euros (quase R$ 580 mil) para defender o país na Copa Davis. Os atletas Janko Tipsarevic, Viktor Troicki, Nenad Zimonjic e Ilija Bozoljac teriam se reunido com o presidente da federação sérvia da modalidade, Jeremic Vuk, para tratar sobre o assunto durante o último Aberto dos Estados Unidos.

Número 9 do mundo, Janko Tipsarevic cobraria 100 mil euros para representar Sérvia na Davis
Número 9 do mundo, Janko Tipsarevic cobraria 100 mil euros para representar Sérvia na Davis
Foto: AP

Segundo o veículo, Novak Djokovic, número 2 do mundo, não quis fazer parte da proposta, querendo jogar "sem nenhum custo" pelo país. Ele não participou da reunião com Vuk.

A exigência, assim, reuniria os demais atletas da equipe, campeã da Davis em 2010. Tipsarevic, segundo colocado do ranking de simples da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), cobraria 100 mil euros (R$ 262,7 mil); Troicki, o 31º em simples, e Zimonjic, o 16º em duplas, quereriam 50 mil euros cada (R$ 131,3 mil); Bozoljac, o 420º em simples, exigiria 20 mil euros (R$ 52,5 mil).

De acordo com o diário, o valor pedido pelos jogadores cobriria toda a temporada da Copa Davis, não importando o número de partidas disputadas. Em 2013, a Sérvia estreia no Grupo Mundial da competição, que reúne 16 equipes, contra a Bélgica, fora de casa. O confronto ocorrerá entre 1º e 3 de fevereiro.

O site informa que tentou contato com o secretário-geral da Associação Sérvia de Tênis, Dusan Orlandic, mas ele não quis comentar o assunto.

Fonte: Terra
publicidade