0

Clezar vence de virada e avança no Challenger do Rio

21 nov 2017
18h53
atualizado às 20h37
  • separator
  • comentários

Estreando no Challenger do Rio de Janeiro, nesta terça-feira, após a rodada ser adiada por chuva na segunda-feira, Guilherme Clezar venceu de virada o português Gonçalo Oliveira, cabeça de chave número 7 do torneio, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3 e 6/3, em 2h11 de partida.

O resultado rende seis pontos no ranking para o gaúcho de 24 anos, que tem como recorde pessoal o 153º lugar. Clezar não defende resultados na semana e pode receber até 15 pontos se chegar até as quartas de final. Seu próximo adversário será o vencedor partida entre o carioca que defende a Suécia Christian Lindell e o espanhol Javier Marti.

O primeiro set começou equilibrado, até que Clezar perdeu o saque no sexto game e não aproveitou as duas chances que teve de devolver a quebra nos dois games de saque seguinte do português, que fechou a parcial em 43 minutos. O brasileiro voltou melhor para o segundo set e reagiu logo no começo, abrindo 3 a 0. No nono game, o gaúcho ainda salvou três break points e fechou a parcial no terceiro set point.

Já no terceiro set, Clezar cedeu apenas quatro pontos em seus games de saque, não enfrentou break points e conseguiu mais duas quebras. Com a vantagem, ele fechou a parcial em 38 minutos, decretando a vitória e carimbando seu passaporte para a próxima fase.

Convidado do torneio, Sakamoto estreia com vitória

Nesta terça-feira, o paulista Pedro Sakamoto, convidado para participar do Challenger do Rio de Janeiro, eliminou o argentino Maximo González por 2 sets a 0, com duplo 6/3, em 1h32 de partida. Esta foi apenas a primeira vitória em nível challenger no ano, a sexta na carreira de Sakamoto.

Sakamoto enfrentará mais um experiente argentino na próxima fase. Seu adversário nas oitavas é Carlos Berlocq, jogador de 34 anos e 125º do ranking, que derrotou o colombiano Daniel Galan por duplo 6/4.

Demoliner e Fabiano de Paula avançam nas duplas

Em confronto brasileiro nas duplas, os cabeças de chave número 1 Marcelo Demoliner e Fabiano de Paula não deram chances a André Ghem e Eduardo Russi e conseguiram avançar para as quartas de final do Challenger do Rio de Janeiro ao venceram por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3, em jogo com 1h14 de duração.

Com a classificação para as quartas, Demoliner e De Paula enfrentam agora a dupla formada pelo também brasileiro João Souza e o dominicano Jose Hernández. O jogo está previsto para a próxima quinta-feira, às 15h(de Brasília).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade