1 evento ao vivo

Cilic leva susto mas avança às quartas; Del Potro passa tranquilo

4 jun 2018
16h41
atualizado às 16h41
  • separator
  • 0
  • comentários

Em um dia de altos e baixos, Marin Cilic confirmou o avanço para as quartas de finais de Roland Garros ao vencer o italiano Fabio Fognini em 5 sets, com parciais de  6/4, 6/1, 3/6, 6/7 (4) e 6/3, em longas 3h37. O croata chega apenas pela segunda vez na carreira às quartas em Paris.

Ele terá pela frente o argentino Del Potro, que não teve o mesmo trabalho para eliminar seu adversário, o americano John Isner. O croata tem uma ampla vantagem quando encontra Delpo, com 10 vitórias e apenas duas derrotas.

Cilic começou bem, sacando com firmeza e achando uma quebra que lhe colocou em vantagem. O croata não errou e fechou o primeiro set com segurança. Na segunda parcial, mais eficiência ainda para Cilic. Ele melhorou nas devoluções e pressionou o adversário, conseguindo quebrar duas vezes o serviço de Fognini e forçando o erro do italiano.

A partir do terceiro set, no entanto, Fognini pareceu acordar e mudou o jogo. Muito agressivo e com uma confiança renovada, mesmo perdendo de 3/1, o italiano tirou forças da irritação que mostrava dentro de quadra com seus erros, para buscar o placar, e  ganhar cinco games seguidos. Na quarta parcial a intensidade continuou do lado italiano da quadra, mas dessa vez Cilic não cochilou e forçou o set para o tie-break. Ainda assim, Fognini foi melhor e empatou o jogo.

Na parcial decisiva, após os primeiros games de equilíbrio, o croata voltou a forçar a devolução e conseguiu uma quebra que desestabilizou o adversário. A partir daí, Fognini não foi o mesmo e só confirmou mais um saque, até Cilic confirmar a vitória.

Seis anos depois, Juan Martin De Potro está de volta às quartas de final de Roland Garros. O número 6 do mundo venceu nesta segunda-feira (4) o norte-americano John Isner por triplo 6/4 em 1h59 de jogo. Ele enfrentará o croata Marin Cilic para tentar alcançar as semis, onde chegou apenas uma vez, em 2009.

O jogo foi bem regular, principalmente para o argentino. Ele conseguiu se impor mais que o adversário e sem dar chances de quebra para Isner confirmou todos seus serviços. As devoluções de Del Potro também foram constates e agressivas, o que ajudou o tenista a quebrar um saque do americano em cada um dos sets. O placar igual em todas as parciais reflete como o jogo foi igual durante todo o tempo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade