1 evento ao vivo

Chung vence Medvedev e enfrenta Rublev na decisão do Finals sub-21

10 nov 2017
20h21
  • separator
  • comentários

O ATP Finals sub-21 já tem sua final definida. Nesta sexta-feira, o sul-coreano Hyeon Chung, número 54 do mundo, enfrentou o russo Daniil Medvedev, 65º colocado do ranking, e garantiu vaga na decisão ao vencer por 3 sets a 2, com parciais de 4/1, 4/1, 3/4(4-7), 1/4 e 4/0, em jogo equilibrado com 1h55 de duração. Com a classificação, ele agora enfrenta mais um tenista da Rússia, medindo forças com Andrey Rublev, cabeça de chave número 1 do evento.

A vitória de Chung foi construída com momentos de oscilação. O sul-coreano iniciou de maneira avassaladora, vencendo os dois primeiros sets com tranquilidade. Com total de três quebras nas duas parciais, ele conseguiu um duplo 4/1, abrindo boa vantagem.

Apesar da expectativa de uma vitória fácil, Medvedev conseguiu se recuperar nas parciais seguintes. No terceiro set, mais disputado, ele saiu de um 2 a 0 e conseguiu a virada para vencer no tie-break. Já no quarto set, o russo venceu com mais tranquilidade, aplicando um 4/1 e empatando o jogo.

Depois de ver sua vantagem ruir, Chung teria que demonstrar maturidade para vencer o jogo. Apesar do bom momento do adversário, o sul-coreano mostrou concentração e encerrou o set decisivo de forma imponente, aplicando um pneu na quinta parcial para fechar o jogo.

A grande decisão do ATP Finals sub-21 acontece já neste sábado, na cidade de Milão. O evento, que tem sido marcado por diversos testes de regras, faz sua temporada de estreia, e conhecerá apenas seu primeiro campeão na história.

Rublev também avança - Melhor ranqueado entre os participantes do Finals sub-21, o russo Andrey Rublev, 37º colocado na ATP, será o adversário de Hyeon Chung na decisão do Finals sub-21. Mais cedo nesta sexta-feira, o tenista cabeça de chave número 1 do torneio bateu o croata Borna Coric por 3 sets a 0, com parciais de 4/1, 4/3(8-6) e 4/1, em duelo com 1h03 de duração.

No novo sistema de disputa, o russo aproveitou para realizar apenas duas quebras de serviço, no primeiro e no terceiro set, para vencer tranquilamente. A única parcial que teve mais equilíbrio foi a segunda, mas Rublev foi mais eficiente no tie-break e conseguiu garantir a vitória.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade