1 evento ao vivo

Bruno Soares é o único brasileiro a avançar nas duplas de Wimbledon

6 jul 2018
14h22
atualizado às 14h22
  • separator
  • comentários

Nesta sexta-feira, três duplas brasileiras entraram em quadra em Wimbledon, mas apenas uma delas conseguiu levar a melhor. Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot foram eliminados, assim como Marcelo Demoliner e o mexicano Santiago Gonzalez. O bom desempenho ficou por conta de Bruno Soares, que ao lado do britânico Jamie Murray, bateu o italiano Paolo Lorenzi e o espanhol Albert Ramos por 7/5, 6/2 e 6/1, em 1h31 de partida.

Os atuais campeões de Wimbledon, Marcelo Melo e Lukasz Kubot, começaram bem diante do polonês Marcin Matkowski e do israelense Jonathan Erlich e venceram o primeiro set. Posteriormente, contudo, viram a dupla adversária crescer na partida, e foram derrotados no segundo set com uma quebra solitária, e no terceiro e no quarto no tie-break. As parciais foram 6/7 (5-7), 6/4, 7/6 (7-4) e 7/6 (10-8).

Marcelo Demoliner, ao lado de Santiago Gonzalez, também decepcionou, e diante do britânico Dominic Inglot e do croata Franko Skugor, cabeças de chave 15, acabou derrotado com parciais de6/3, 4/6, 7/6 (7-5), 2/6 e 6/2.

Já o mineiro Bruno Soares, que estreou no torneio ao lado de Jamie Murray, garantiu a única vitória brasileira ao bater o italiano Paolo Lorenzi e o espanhol Albert Ramos por 7/5, 6/2 e 6/1. Na próxima rodada, os adversários serão o australiano Matthew Ebden e o norte-americano Taylor Fritz.

"Foi uma estreia muito boa. Nós jogamos super bem. O primeiro set foi mais complicado. A gente demorou um pouco para pegar a mão na devolução, mas o importante é que sacamos bem e a partir do 5 a 5 conseguimos jogar super bem. A estreia foi mais tranquila do que imaginávamos", analisou o brasileiro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade