0

Bruno Soares e croata são eliminados nas quartas de final em Tóquio

Um fato curioso é que o jogo não contou com nenhuma quebra de saque, algo raro de acontecer no tênis

3 out 2019
11h44
  • separator
  • 0
  • comentários

O tenista brasileiro Bruno Soares e o croata Mate Pavic foram eliminados no segundo jogo da dupla no Torneio de Tóquio, no Japão, nesta quinta-feira. Em dois tie-breaks, eles foram superados pelo norte-americano Austin Krajicek e pelo britânico Dominic Inglot com parciais de 7/6 (8/6) e 7/6 (8/6).

O equilibrado duelo, finalizado em 1h40min, não contou com nenhuma quebra de saque, algo incomum em jogos de tênis. Soares e Pavic sequer tiveram o serviço sob ameaça ao longo dos dois sets. Já os rivais precisaram salvar quatro break points, todos no primeiro set. Sem aproveitar suas chances, brasileiro e croata acabaram eliminados do torneio de nível ATP 500.

Soares e Pavic vinham de uma boa vitória na estreia. Eles haviam eliminado a dupla sérvia formada por Novak Djokovic, atual número 1 do mundo em simples, e Filip Krajinovic. Brasileiro e croata formavam a dupla cabeça de chave número quatro da competição disputada em quadras duras.

Atual 21º do ranking de duplas, Soares ainda busca o melhor entrosamento com Pavic no circuito. Eles passaram a jogar juntos em junho e, em sete competições, só conseguiram emplacar duas vitórias consecutivas por apenas uma vez, no Masters 1000 de Cincinnati - foram três triunfos seguidos no torneio norte-americano.

Na chave de simples em Tóquio, o croata Marin Cilic foi eliminado nas oitavas de final. O sexto cabeça de chave foi derrotado pelo sul-coreano Hyeon Chung por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/1.

Nas quartas, Chung vai duelar com o belga David Goffin, terceiro pré-classificado da competição. Ele avançou na chave ao superar o canadense Denis Shapovalov por 7/6 (7/5) e 7/6 (7/2).

Também avançaram o australiano John Millman e o local Taro Daniel, que vão se enfrentar nas quartas. O primeiro eliminou o sul-africano Lloyd Harris por 6/3 e 6/2. E Daniel despachou o australiano Jordan Thompson por 6/4 e 7/6 (7/3).

O triunfo de Daniel, convidado da organização, marcou um feito na história do torneio. Foi a primeira vez desde 1972 que dois tenistas da casa avançam às quartas de final. O outro atleta japonês garantido nesta fase é Yasutaka Uchiyama, que avançou na quarta-feira.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade