7 eventos ao vivo

Brasil tem saldo negativo em Gstaad; Sá/Bellucci segue nas duplas

26 jul 2017
15h00
atualizado às 16h42
  • separator
  • comentários

Atualmente ocupando a 66ª colocação no ranking mundial, o brasileiro Thomaz Bellucci não conseguiu se manter na disputa do ATP 250 de Gstaad, na Suíça. Ele foi vencido, nesta quarta-feira, pelo dono da casa Henri Laaksonen, por 2 sets a 1. A partida de estreia foi acirrada, durou 2h56 e teve dois tie-breaks. O embate terminou com parciais de 7/6 (7-2), 6/7(4-7) e 7/5.

Com bons saques e mantendo o controle do jogo, o brasileiro entrou forte no saibro. Ele perdeu o sétimo game, mas logo viu o adversário errar e igualar o jogo, que seguia equilibrado. A parcial foi para o tie-break. No desempate, Thomaz se desestabilizou e deixou Laaksonen marcar seis pontos consecutivamente.

No segundo set, o brasileiro perdeu seu primeiro serviço, entretanto, com melhores jogadas, conseguiu tirar pontos do rival. Bons lances forçaram, novamente, um tie-break. Desta vez, o desempate foi equilibrado, com uma série de erros dos dois lados. Bellucci levou a melhor. No período decisivo, o paulista perdeu três serviços e acabou derrotado.

Laaksonen agora enfrenta o português João Sousa. O número 61 do mundo venceu o colombiano Santiago Giraldo, em dois sets diretos, com duplo 6/3.

Ainda nesta quarta, o brasileiro Thiago Monteiro também saiu da disputa do ATP de Gstaad. Ele perdeu o confronto contra o holandês Robin Haase, em dois sets diretos. A partida durou 1h32 e teve duplo 7/5. Haase, agora, enfrenta o vencedor da disputa entre belga David Goffin e o moldavo Radu Albot. No ano passado, o atual número 50 do mundo também foi o responsável pela eliminação do cearense.

Na segunda disputa em solo suíço, os dois sets foram parecidos e tiveram uma quebra decisiva. Monteiro lutou, adiou a derrota, mas Haase confirmou a vitória, no primeiro set. Embora tenha vencido apenas um jogo nesta semana, o brasileiro deve garantir algumas posições no ranking mundial. Atualmente, ele é o número 114.

Nas duplas, Marcelo Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell foram derrotados pelo eslovaco Norbert Gombos e pelo português João Sousa. A partida durou 1h21 e teve parciais de 6/4 e 7/6 (10-8).

André Sá e Thomaz Bellucci conseguiram amenizar o saldo negativo do Brasil, nesta quarta-feira. Eles venceram o croata Antonio Sancic e o indiano Leander Paes por 2 sets a 0. O jogo durou 59 minutos e terminou com parciais de 6/3 e 6/2.

Agora, eles encaram, nesta quinta-feira, o francês Jonathan Eysseric e o croata Franco Skugor. Os adversários venceram os suíços Luca Margaroli e Antoine Bellier em dois sets diretos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade