PUBLICIDADE

Bia Haddad Maia larga bem também nas duplas e passa pela estreia na Austrália

Ao lado da cazaque Anna Danilina, brasileira derrota a húngara Anna Bondar e a georgiana Oksana Kalashnikova com um duplo 6/4

19 jan 2022 10h45
ver comentários
Publicidade

A brasileira Beatriz Haddad Maia venceu mais uma no Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada, desta vez pela chave de duplas. Ao lado da cazaque Anna Danilina, a tenista paulista manteve o embalo da conquista na semana passada no WTA 500 de Sydney e passou nesta quarta-feira pela estreia em Melbourne derrotando a húngara Anna Bondar e a georgiana Oksana Kalashnikova com um duplo 6/4.

Esta foi a quinta vitória seguida de Bia Haddad e Danilina, que ainda não sabem quem enfrentarão na segunda rodada. A brasileira e a casaque esperam pela definição no duelo que de um lado estão as cabeças de chave número 7, a croata Darija Jurak e a eslovena Andreja Klepac, e do outro as checas Tereza Martincova e Martketa Vondrousova.

Bia Haddad e Danilina começaram muito bem na partida e não deram chances às rivais no primeiro set, em que não enfrentaram um break-point sequer contra. A dupla da brasileira com a casaque teve chance de quebra em duas oportunidades diferentes, conseguiu bater o saque de Bondar e Kalashnikova no terceiro game e depois perdeu três break-points no quinto.

O segundo set foi mais equilibrado e com chances para ambos os lados. Desta vez a brasileira e a casaque é que foram ameaçadas antes, salvando cinco break-points já no segundo game. Bia Haddad e Danilina não precisaram mais do que uma chance para bater o saque das adversárias, conseguindo uma quebra de zero no quinto game, que foi o suficiente para levá-las à vitória.

MASCULINO

O brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray estrearam com vitória convincente e tranquila no Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada. Com 6/3 e 6/2, eliminaram os tenistas locais Marc Pollmans e James Duckworth em duelo válido pela segunda rodada.

Cabeças de chave número 8 do torneio, Soares e Murray foram agressivos o jogo todo, sempre pressionando o saque dos australianos. Foram 11 oportunidades de quebras, sendo quatro aproveitadas. A dupla cedeu apenas um serviço.

Apesar do resultado tranquilo, foi a dupla do brasileiro quem sofreu a primeira quebra, no quinto game do primeiro set. O susto com 2/3 serviu apenas para motivar ainda mais Soares e Murray, que devolveram de imediato a quebra e emplacaram quatro pontos seguidos para fechar em 6/3 após 47 minutos.

O segundo set foi uma aula dos favoritos. De cara abriram 4 a 0, com duas quebras. Depois foi apenas trocar serviços com os australianos para fechar com 6/2 após 31 minutos e com 2 a 0 em 1h18.

Já a dupla formada pelos brasileiros Rafael Matos e Felipe Meligeni não conseguiu superar os italianos Fábio Fognini e Simone Bolelli, dando adeus com duplo 6/4 após somente 1h21.

Estadão
Publicidade
Publicidade