PUBLICIDADE

Barty e outras favoritas são eliminadas nas quartas de final em Charleston

Nenhuma das quatro semifinalistas foi campeã de torneios nível WTA antes na carreira

10 abr 2021
0comentários
Publicidade

O dia foi de derrotas e surpresas para as favoritas e tenistas mais experientes do Torneio de Charleston, nos Estados Unidos. A começar pela australiana Ashleigh Barty. A número 1 do mundo, que vinha de oito vitórias consecutivas, incluindo o título em Miami, foi superada pela espanhola Paula Badosa, nas quartas de final.

Atual número 71 do mundo, a tenista da Espanha precisou de apenas dois sets para eliminar a líder do ranking, pelo placar de 6/4 e 6/3. Barty já havia mostrado irregularidade em sua partida anterior. No saibro verde de Charleston, a australiana encerrava um jejum de quase dois anos sem jogar na terra batida - não competia na superfície desde o título de Roland Garros em 2019.

Na semifinal, Badosa vai enfrentar a russa Veronika Kudermetova, 15ª cabeça de chave. Ela avançou ao superar a experiente americana Sloane Stephens, ex-número três do mundo, por 6/3 e 6/4.

A outra semifinal terá a montenegrina Danka Kovinic e a tunisiana Ons Jabeur, 12ª cabeça de chave. Kovinic ganhou da casaque Yulia Putintseva (11ª) por 6/7 (2/7), 7/5 e 6/1. E Jabeur despachou a jovem local CoCo Gauff (14ª) por duplo 6/3.

Nenhuma das quatro semifinalistas em Charleston levantou troféus de nível WTA na carreira. Assim, a futura campeã, no domingo, vai faturar um título no circuito da WTA pela primeira vez.

Estadão
Publicidade
Publicidade