0

Tênis

Federer recupera liderança no ranking e bate novos recordes

Reuters
19 fev 2018
11h41
atualizado às 12h10
  • separator
  • comentários

Roger Federer parece não se cansar de bater novos recordes. Nesta segunda-feira, a ATP oficializou o retorno do tenista suíço ao topo do ranking mundial. Com isso, além de ser considerado o tenista com maiores vitórias em Grand Slams, Federer é o primeiro atleta a recuperar o lugar mais alto do ranking após o maior período de tempo: cinco anos e três meses.

O suíço pode se gabar ainda de ser o homem mais velho a chegar na liderança desta ranking, com 36 anos e 170 dias, superando Andre Agassi, que havia liderado com 33 anos e 131 dias. Além destes recordes, Federer é o tenista com mais semanas, gerais e consecutivas, na liderança do ranking. Ao todo são 303 semanas, sendo 237 delas sendo consecutivas.

A volta ao lugar mais alto do ranking confirma o ótimo momento vivido pelo tenista, que mostrou uma recuperação impressionante na carreira. Isso porque em 2016, o atleta viveu um período complicado na carreira devido a uma lesão no joelho e esteve longe das principais disputas do circuíto, chegando a descer até a 16ª posição no ranking.

No entanto, em 2017 Federer voltou a mostrar a sua força no esporte e calou os críticos que acreditavam que o jogador precisava se aposentar. Conquistando o Aberto da Austrália, em 2017 e 2018, e o Grand Slam de Wimbledon, o suíço provou que sua carreira ainda está longe de se encerrar e crava cada vez mais seu nome entre os maiores no esporte.

 

Veja também:

Esperança de fama e fortuna encorajam garotos no Muay Thai
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade