2 eventos ao vivo

Após pausa por falta de luz, Del Potro vence e encara Nadal nas quartas

10 jul 2018
11h01
  • separator
  • comentários

Depois da partida ser interrompida por falta de luz natural, Juan Martin Del Potro e Gilles Simon voltaram na manhã desta terça-feira para decidir quem seria o último tenista classificado para as quartas de final de Wimbledon. Com um currículo mais vitorioso em Grand Slams, o argentino venceu o confronto por 3 sets a 1, parciais 7/6 (1), 7/6 (5), 5/7 e 7/6 (5) e enfrentará na próxima fase o atual campeão de Roland Garros, Rafael Nadal.

O primeiro set da partida já mostrou que a partida seria definida nos destalhes, com os dois adversários atuando em um nível muito semelhante. A parcial não teve nenhuma quebra, com bons serviços, e com Del Potro conseguindo vencer no tiebreak, por uma larga vantagem de 7-1.

O segundo set também foi disputado, com uma quebra a favor para cada tenista. No entanto, o campeão do Aberto dos Estados Unidos em 2009 foi novamente superior no tiebreak e garantiu uma vantagem ainda maior para o restante do duelo.

No terceiro set, Simon continuou com a mesma estratégia, porém entrando mais na quadra buscando encurtar os pontos e evitar a troca de bola agressiva de Del Potro. Mesmo com o francês sendo um dos tenistas mais consistentes no fundo de quadra, a mudança no jogo foi muito positiva e fez com que o atual número 53 do mundo ganhasse a parcial por 7/5.

Logo após o triunfo de Simon no terceiro set, o jogo foi parado por causa da falta de luz natural e adiado para a manhã desta terça-feira. No retorno à quadra,  o jogo foi bem diferente dos sets diferentes, com os dois tenistas tendo muita dificuldade para confirmar os games de saque. Simon quebrou no quarto game, e Del Potro o quinto e nono game, tendo a chance de sacar para o jogo. No entanto, o francês salvou quatro match points e levou a parcial para o tiebreak.

No game desempate, cada ponto era extremamente disputado com muita intensidade, com Del Potro mais sólido e Simon buscando erros não forçados do adversário argentino. Na hora que mais precisava, Delpo teve bons saques para definir o set em 7/6 e o jogo em 3 sets a 1.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade