2 eventos ao vivo

Após cair no doping, tenista britânico é suspenso por um ano

3 out 2017
18h00
  • separator
  • comentários

Nesta terça-feira, a Federação Internacional de Tênis publicou a decisão oficial envolvendo o caso do tenista Daniel Evans, que foi pego no exame antidoping, por uso de cocaína, em abril deste ano. A entidade do esporte anunciou a suspensão do britânico até abril de 2018, configurando o afastamento de um ano.

"Em 16 de junho de 2017, Evans foi acusado de uma violação da regra antidoping e foi provisoriamente suspenso, com efeito a partir de 26 de junho de 2017. Evans prontamente admitiu sua violação. A ITF aceitou o relato de Evans de como a cocaína entrou em seu sistema e de que carrega um erro não-significativo ou negligência pela violação", publicou a ITF.

O exame que detectou a presença de cocaína no sangue de Evans foi realizado quando o atleta disputava o ATP 500 de Barcelona, na Espanha. O britânico havia vencido o brasileiro Thiago Monteiro por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (7-4), 6/2 e 7/6 (7-2).

O atleta poderá retornar às quadras no dia 24 de abril de 2018. A ITF também anunciou que todos os pontos e prêmios conquistados pelo tenista em Barcelona e nos outros torneios subsequentes serão desqualificados.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade