0

Anderson vence final "mais alta" da história e conquista ATP da Índia

5 jan 2019
13h22
  • separator
  • comentários

Na grande final do ATP 250 de Pune, na Índia, o duelo mais alto da história do tênis. De um lado Kevin Anderson, de 2,03m de altura. Do outro, Ivo Karlovic, de 2,11m. E neste sábado, quem levou a melhor foi o sul-africano número seis do mundo, que derrotou o croata por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7-4), 6/7(2-7) e 7/6 (7-5), em 2h45 de jogo.

Com o título, Anderson levanta seu sexto troféu de nível ATP e ganha 100 pontos, mas ainda segue distante do quinto colocado Juan Martin Del Potro.

Do outro lado, Karlovic, de 39 anos, o finalista mais velho de um torneio ATP desde Ken Rosewall em 1977, buscava seu nono título na carreira, o primeiro desde julho de 2016, e subirá 31 posições, reaparecendo no 69º lugar.

A partida foi bastante equilibrada e, como era de se imaginar, a principal arma de ambos os tenistas foi o saque, proporcionando uma chuva de aces: 21 para Anderson e 36 para Karlovic. Os tenistas começaram bem em seus respectivos serviços no primeiro set. Apenas no 10º game, o croata precisou salvar dois break points - que eram também set points -  e o jogo se encaminhou para o tie-break. No desempate, quatro mini breaks, três a favor de Anderson, que fechou a parcial e largou na frente.

No segundo set, o roteiro se repetiu e, sem quebras, terminou novamente no tie-break. Desta vez, porém, o sul-africano cedeu dois mini breaks, o que deu a vitória da parcial e o empate ao adversário.

No terceiro e decisivo set, Anderson chegou a ter dois match-points, mas Karlovic salvou ambos e forçou mais um tie-break. O sul-africano começou o desempate cedendo o serviço, mas se recuperou e conseguiu dois mini breaks em sequência, decretando o triunfo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade