PUBLICIDADE

Tênis

Amazônia Open tem recorde mundial . Atleta da casa ergue 1º título internacional no último dia do torneio

Atleta de Tucuruí leva o primeiro título profissional. Competição bateu o recorde de audiência em uma partida de Beach Tennis no canal PlayBT. Cerca de 20 mil pessoas passaram pelo local nos seis dias de torneio

10 jun 2024 - 15h03
(atualizado às 15h03)
Compartilhar
Exibir comentários
De branco o tucuruiense Jose Sales e de preto seu parceiro Márcio /
De branco o tucuruiense Jose Sales e de preto seu parceiro Márcio /
Foto: Veiga Produções / Esporte News Mundo

Terminou neste domingo, o Amazônia Open, evento inédito do circuito mundial do Norte do país, realizado em Tucuruí (PA), com a disputa do BT 10, competição com pontos no ranking mundial da Federação Internacional de Tênis.

O atleta de Tucuruí, José Sales, de 18 anos, levantou o primeiro título internacional na carreira, jogando ao lado do jogador do Maranhão, Márcio Pires. Eles bateram na final a dupla de Victor Brito e Hugo Oliveira por 6/2 6/3 na final: "Ter essa conquista na cidade onde nasci é uma sensação ótima. Estou muito feliz, nem sei o que dizer, muitop especial", comemorou Sales.

No feminino a dupla da colombiana Carolina Escamilla e da brasileira Larissa Monteiro por 2 sets a 1 com parciais de 6/3 2/6 10/8 sobre as paraenses Damela Loureiro e Renata Amazonas. Larissa é de Manaus e sua parceira é natural de Medellin, mas se mudou para a capital colombiana há quatro anos para estudar biologia e hoje é professora de Beach Tennis. A conquista das duas foi a primeira de ITF em uma semana especial onde também ganharam pela primeira vez uma partida na categoria BT 400 e também onde disputaram os primeiros eventos internacionais delas: "Sem palavras para falar sobre esse título, começamos muito bem, mas elas melhoraram no segundo set. No super tie-break voltamos com garra e viramos", disse Escamilla. Larissa completou: "Maravilhoso ter um torneio esse aqui no Norte, mais perto de nós pois os demais torneios acontecem longe" . 

O Amazônia Open foi histórico ao bater o novo recorde mundial de audiência do canal PlayBT no Youtube com mais de 37.200 aparelhos conectados ao mesmo tempo durante a final masculina do torneio BT 400 na noite de sábado, vencida por André Baran e o italiano Michele Cappelletti e pelas italianas Flaminia Daina e Nicole Nobile. O torneio teve lotação esgotada em praticamente todos os dias na quadra central e ainda grande presença de público nas demais seis quadras de jogo e 12 totalizando todo o complexo do Paranhos Beach Tennis. Cerca de 20  mil pessoas passaram pelo local nos seis dias de evento. O torneio também teve o marco da ampliação de cobertura na televisão brasileira dos canais ESPN e Star Plus com partidas das quartas de final sendo mostradas na sexta-feira além dos jogos de sábado das semis e finais, totalizando mais de onze horas no ar.

A competição teve nove dos dez melhores do mundo no masculino do torneio BT 400 além de oito das dez melhores do ranking do feminino. A premiação foi a maior da categoria pagando US$ 50 mil (R$ 270 mil), perdendo apenas para os eventos da seleta série Sand Series, os Grand Slam, que pagam a mesma premiação e até US$ 75 mil.  Totalizando os três torneios foram 530 pontos distribuídos no ranking e US$ 54 mil (R$ 286 mil).

"O sentimento que fica após o ITF Amazônia Open BT400 de Beach Tennis é de imensa gratidão", disseram Luan Constantini, Júnior Oliveira, Diego Arantes e Felipe Ronconi, organizadores do evento: "Foi emocionante ver nossa cidade, Tucuruí, e nosso povo na telinha da ESPN, o maior canal de esportes do mundo. Mais uma vez, batemos o recorde mundial do PLAY BT, que é uma família para mim. Agradecemos às sete federações de tênis do Norte, em especial à nossa querida Federação Paraense de Tênis, em nome do presidente Roberto Kataoka. Aos patrocinadores, meu sincero agradecimento por serem fundamentais para o sucesso do evento. Agradecemos ao Guilherme e ao Orlando, do Paranhos, por cederem sua casa para receber este grande evento. A todos os colaboradores que, por meses, trabalharam incansavelmente nos bastidores, nossa eterna gratidão. E também à Confederação Brasileira de Tênis e à ITF, meu reconhecimento pelo apoio por acreditarem no nosso potencial e mostrar ao mundo a beleza e a força do povo amazônico. Juntos fizemos história!", finalizaram.

O evento teve o patrocínio do Mix Mateus Atacado e Varejo, a Prefeitura Municipal de Tucuruí, AMBEV e a Zeiq. O Amazônia Open contou com os apoios da Federação Paraense de Tênis e conta com as chancelas da Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Internacional de Tênis.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade