PUBLICIDADE

Alcaraz salva match-point e vira batalha incrível em Roland Garros

Em duelo de gerações de tenistas espanhóis, foi uma das melhores partidas em Paris este ano

25 mai 2022 16h15
ver comentários
Publicidade

O jovem espanhol Carlos Alcaraz, 6º da ATP, conquistou uma grande vitória diante do experiente compatriota Albert Ramos Vinolas, 44º, salvando match-point para se garantir na 3ª rodada de Roland Garros, em uma belíssima virada com 4h34 de duração.

Foto: Lance!

Alcaraz batalhou e conseguiu fechar a partida em 6/1 6/7 (7) 5/7 7/6 (2) 6/4 tendo convertido 10 aces a 2 e disparado 74 bolas vencedoras a 32 de Ramos, que cometeu o mesmo número de duplas-faltas do rival, 2 e 54 erros não-forçados a 74 do jovem compatriota.

Jogando a 3ª rodada de Roland Garros pela segunda vez na carreira, Alcaraz aguarda pelo vencedor do duelo entre o americano Sebastian Korda e o veterano francês Richard Gasquet. Korda foi o único tenista a vencer Alcaraz na temporada de saibro, em jogo válido pelo Masters de Monte Carlo.

O jogo

A partida teve um início relativamente tranquilo por parte dos dois tenistas. Alcaraz forçou a troca com bolas anguladas e conquistou a quebra no 4 game em erro de Ramos, que não venceu mais nenhum game, voltou a set quebrado no 6º game e viu o compatriota fechar com tranquilidade com 24 minutos de disputa.

O segundo set é marcado por um grande equilíbrio nas disputas, Ramos salvou três breakpoints no 5º game, um novo no 7º game e a disputa foi para o tiebreak. Ali, Ramos sofreu a mini-quebra no 5º ponto, mas virou a parcial para 6/5 com duas mini-quebras, voltou a sofrer a mini-quebra sacando para a parcial e precisou de erro do compatriota para fechar em seu 3º setpoint.

No 3º set,Ramos conquistou a quebra de saque em erro do compatriota no 3º game, abriu 3/1, viu Alcaraz devolver a quebra no 6º game, igualar o placar e equilibrar o jogo. Ramos não desistiu, cruzou bolas e com bela paralela conquistou quebra no 11º game e sacou para abrir vantagem em sets.

Na 4ª parcial, Alcaraz e Ramos trocaram quebras entre o 2º e 3º games e o jogo seguiu firme, com os tenistas equilibrados, até que Ramos quebrou o saque do jovem no 9º game trabalhando com consistência da linha de base. Sacando para o jogo, o experiente espanhol teve match-point, mas ficou com forehand na rede, e acabou tomando a quebra. Sacando para forçar o tiebreak, Ramos lutou por 13 minutos, salvou 3 setpoints e forçou o tiebreak. Ali, Alcaraz cometeu erro com backhand no 5º ponto, mas devolveu a mini-quebra na sequência com belo forehand na paralela e com forehand de dentro pra fora conquistou uma segunda mini-quebra, abriu 5/2 e sacou firme.

No set decisivo, Ramos não desistiu seguiu conseguindo ângulos incríveis com seu forehand e abriu 3/0 com quebra no 2º game. Alcaraz seguiu batalhando e acreditando, também afiado com forehand virou o jogo para 4/3 com quebras no 5º e 7º games, mas tomou a devolução da quebra e empurrado pela torcida, voltou a quebrar o compatriota para sacar sólido para a partida.

Lance!
Publicidade
Publicidade