0

Técnico turco é espancado após criticar Estado Islâmico

16 out 2014
14h11
atualizado às 14h26
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O técnico de uma equipe da terceira divisão do futebol da Turquia foi espancado por torcedores de seu próprio clube por defender um membro de sua comissão técnica que criticou o grupo jihadista Estado Islâmico, informa nesta quinta-feira a imprensa local.

Turhan Özyazanlar foi atacado perto da sede do clube Sariyer, na província de Istambul, depois que seu preparador de goleiros condenou, no Facebook, as atrocidades do Estado Islâmico e manifestou apoio às milícias curdas no norte da Síria.

Após negar-se publicamente a demitir o preparador, Özyazanlar foi atacado por torcedores, sofreu várias escoriações no rosto e teve que ser hospitalizado, de acordo com o jornal Hürriyet.

"Esta situação está me devastando. Todos deveriam respeitar o próximo, não importa sua linha política. Não tenho nenhuma conexão com a política, sou esportista", disse o treinador.

O ambiente na Turquia está extremamente polarizado entre os partidários das milícias curdas e os radicais islâmicos. Na semana passada, enfrentamentos entre os dois grupos deixaram cerca de 30 mortos em várias partes do país.

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade