PUBLICIDADE

Técnico da seleção italiana deseja chegar à final da Eurocopa

Mancini participou de coletiva de imprensa à véspera de estreia

10 jun 2021 16h32
| atualizado às 20h26
ver comentários
Publicidade

O técnico da seleção italiana, Roberto Mancini, expressou nesta quinta-feira (10) seu desejo de ver sua equipe se "divertir e chegar à final" da Eurocopa.

Seleção italiana realizou treino pré-Eurocopa
Seleção italiana realizou treino pré-Eurocopa
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Sem perder há 27 jogos, a Azzurra fará sua estreia no torneio nesta sexta-feira (11), no Estádio Olímpico, em partida contra a Turquia. "Estava confiante há três anos, hoje estou ainda mais confiante", afirmou o italiano durante coletiva de imprensa.

Segundo Mancini, a seleção italiana se divertiu nos últimos anos e quer "continuar se divertindo". "Vamos à final de Wembley e isso fica visível".

Para o técnico da Azzurra, a primeira partida vai ser difícil, "vai haver mais pressão porque vai ser o jogo de abertura do torneio", mas é preciso "tentar se divertir e entreter, com muito respeito pela Turquia que é uma excelente equipe, cheia de jogadores talentosos".

"O Olímpico cheio teria dado um impulso extra, mas com 16 mil espectadores já é um primeiro passo", acrescentou Mancini, lembrando que o jogo também marcará o retorno do público ao estádio.

Durante a coletiva, o técnico da seleção ressaltou que a emoção será grande, principalmente porque é a inauguração, mas "espera não dormir até 10 de julho", fazendo referência à final da competição.

"A vontade de vivenciar esta Eurocopa como protagonista é importante. Há excesso de entusiasmo? Os fãs podem ter. Sabemos que é importante, mas também sabemos o que vamos enfrentar. Se fizermos isso, que sabemos fazer, com tranquilidade, podemos fazer", acrescentou ele.

Ao ser questionado sobre a formação da equipe para o jogo contra a Turquia, Mancini explicou que ainda não decidiu nada, mas todos os jogadores estão muito concentrados.

"Eles sabem que mesmo que não tenham que jogar desde o primeiro minuto, devem fazer uma diferença durante a partida", finalizou. 

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade