PUBLICIDADE

Filipe Toledo supera Medina e vence etapa do mundial

Filipinho havia sido derrotado pelo compatriota duas vezes nesta etapa em anos anteriores

21 jun 2021 00h20
| atualizado às 08h25
ver comentários
Publicidade

Filipe Toledo enfim superou Gabriel Medina no Surf Ranch e venceu a famosa etapa do Circuito Mundial disputada na piscina de ondas de Kelly Slater, nos Estados Unidos. Filipinho já havia chegado à final da competição por duas vezes, sem conseguir levantar o troféu. E, nas duas ocasiões, seu algoz foi Medina, campeão das duas últimas edições da etapa realizada longe do mar.

Filipe Toledo minimizou os rumores de lesão e explicou sua decisão de abandonar o evento-teste do surfe em Tóquio
Filipe Toledo minimizou os rumores de lesão e explicou sua decisão de abandonar o evento-teste do surfe em Tóquio
Foto: Divulgação/FMA Notícias / Estadão Conteúdo

Toledo superou o bicampeão mundial por 17,94 a 10,60 na final e faturou a sexta etapa da temporada. Com o resultado, ele subiu para o terceiro lugar geral do ranking, com 32.065 pontos. Está atrás somente de Italo Ferreira, atual campeão mundial, com 33.555, e do próprio Medina, líder da temporada, com 46.720.

Apesar do revés na final, o dono de dois títulos no Circuito Mundial não sai do Surf Ranch de mãos abanando. Ainda no sábado, ele somou pontos suficientes na etapa para assegurar uma das cinco vagas no WSL Finals, etapa que vai reunir os melhores da temporada e definir o campeão de 2021, em Trestles (EUA), em setembro.

"Nas duas últimas, o Gabriel me venceu e ficou aquele gosto amargo. Significa muito para mim essa vitória. Não só pelo título e por estar mais próximo da WSL Finals, mas porque hoje é Dia dos Pais (nos EUA) e minha família está toda aqui", festejou Filipinho, que mora na Califórnia com esposa e os dois filhos.

No feminino, a vencedora da etapa foi a francesa Johanne Defay. A brasileira Tatiana Weston-Webb ficou em terceiro. No ranking da temporada, a havaiana Carissa Moore segue na ponta, com 43.855. Johanne Defay é a segunda colocada, com 34.645, seguida pela australiana Sally Fitzgibbons (34.270) e pela surfista do Brasil, com 33.625.

Estadão
Publicidade
Publicidade