2 eventos ao vivo

Stéphane Peterhansel vence etapa e Nasser corta vantagem de Sainz no Dakar

Francês consegue a terceira vitória em uma etapa que deixou a disputa mais equilibrada

14 jan 2020
13h22
  • separator
  • 0
  • comentários

Com apenas mais três etapas para o final, o Rally Dakar promete muita emoção no deserto da Arábia Saudita até o fim desta semana. Na categoria carros, a mais equilibrada da competição, a terça-feira foi muito ruim para o espanhol Carlos Sainz, que viu a sua vantagem na liderança diminuir drasticamente com o desempenho abaixo das expectativas - um quinto lugar - no nono estágio, que teve um trecho de especial cronometrado de 410 km entre as cidades de Wadi Al Dawasir e Haradh.

O pai de Carlos Sainz Jr., piloto da McLaren na Fórmula 1, teve um dia complicado e ainda conseguiu terminar a etapa em quinto lugar. O problema é que o príncipe catariano Nasser Al-Attiyah, seu concorrente direto ao título, cruzou em segundo e diminuiu a vantagem do espanhol para apenas 24 segundos.

O piloto do Catar só ficou atrás nesta terça-feira, por 15 segundos, do francês Stéphane Peterhansel, que obteve a sua terceira vitória nesta edição do Rally Dakar. O bom desempenho nesta etapa levou Peterhansel a ficar agora 6min38s de desvantagem para Carlos Sainz.

Na classificação geral, o trio de ponteiros é seguido por Yazeed Al Rajhi, que aparece no quarto posto com uma desvantagem de 34min16s. Completando o Top 5 está o argentino Orlando Terranova. O espanhol Fernando Alonso fechou o dia no nono posto, com um atraso de 13min03s para Peterhansel. Mesmo assim, o resultado foi suficiente para subir para o 10.º lugar no geral.

MOTOS

Após um dia de pausa em respeito à morte do português Paulo Gonçalves, ocorrida no último domingo, as motos voltaram a correr e o chileno Pablo Quintanilla foi vencedor da etapa desta terça-feira. O titular da equipe Husqvarna terminou o trecho cronometrado em 3h03min33s, seguido por Toby Price e Joan Barreda.

Na classificação geral, o piloto do Chile segue na vice-liderança com uma desvantagem de 20min53s para o norte-americano Ricky Brabec - quarto lugar nesta terça-feira -, enquanto que Price ficou 26min43s atrás em terceiro lugar. Barreda superou o seu companheiro Nacho Cornejo pelo quarto posto, ficando 28min16s atrasado em relação ao líder.

O brasileiro Antonio Lincoln Berrocal terminou a etapa na 81.ª colocação, a quase 1h42 atrás de Quintanilla. No geral, o piloto ocupa a 75.ª posição.

OUTRAS CATEGORIAS

Nos UTVs (carro parecido com uma "gaiola"), os brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, que venceram a etapa anterior, tiveram um péssimo dia ao terminar em 18.º lugar nesta terça-feira. Mesmo assim, ganharam um posto na classificação geral e estão agora na nona colocação, com 4h23min32s de desvantagem para os líderes Casey Currie e Sean Berriman, dos Estados Unidos.

Nos caminhões, a equipe russa liderada por Andrey Karginov venceu a etapa desta terça-feira e aumentou a sua liderança na disputa. Com o resultado, Karginov agora acumula 38h05min25s dentro do caminhão da Kamaz, 38min35s a menos que Anton Shibalov, o segundo na classificação geral.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade