6 eventos ao vivo

Na reestreia de Sérgio Guedes, Sport empata e fica longe da ponta

14 mar 2013
00h10
atualizado às 00h40
  • separator
  • 0
  • comentários

Na reestreia do treinador Sérgio Guedes, o Sport não conseguiu sair do 0 a 0 diante de um Petrolina que, se não mostrou poder ofensivo, pelo menos conseguiu se fechar muito melhor do que a equipe que sofreu oito gols na estreia no segundo turno (diante do Náutico). Agora, o Sport é terceiro colocado com 11 pontos e perdeu a oportunidade de chegar a liderança no clássico contra os alvirrubros, na Ilha do Retiro, no próximo domingo. E ainda espera os três jogos que completam a rodada nesta quinta: Santa Cruz x Chã Grande, Central x Serra Talhada e Belo Jardim x Ypiranga, todos marcados para as 20h.

O Petrolina chegou a segurar por alguns minutos a bola no campo ofensivo, mas a primeira chance real de gol foi do Sport. Aos 17min, Marcos Aurélio recebeu livre dentro da área e bateu forte, mas o goleiro Diego fez sua primeira boa defesa na partida. Sem um armador na sua equipe, os rubro-negros não conseguiram criar muitas oportunidades no primeiro tempo e o time da casa tentou por quatro vezes de fora da área, forçando Magrão a também fazer boas defesas.

De volta ao banco de reservas do Sport, o treinador Sérgio Guedes tentou mudar o cenário trocando os homens responsáveis por ficar mais próximos do centroavante Roger. No lugar de Marcos Aurélio entrou o estreante meio-campista Lucas Lima (ex-Internacional). Já para a vaga de Sandrinho entrou o atacante Matheus Lima.

O time melhorou, mas a torcida em Petrolina passou a pedir insistentemente a entrada do lateral direito Cicinho, que estava no banco de reservas. E Sérgio Guedes fez a terceira alteração pouco antes de chegar aos 25min do segundo tempo, tirando o zagueiro Maurício e colocando em campo o ex-jogador da Seleção Brasileira e do Real Madrid. Aos 27min, Roger chutou forte na melhor chance do Sport até ali, mas novamente o goleiro Diego apareceu muito bem.

Aos 33min, Cicinho fez cruzamento na cabeça de Matheus Lima, que mandou a bola em direção ao chão e o goleiro novamente fez boa defesa. Quatro minutos depois, o goleiro do Petrolina saiu mal em cruzamento da esquerda, a bola sobrou para, Roger que primeiro bateu para boa defesa dele e depois cruzou para o zagueiro Gabriel mandar de cabeça para fora.

Aos 42min, Matheus Lima teve a melhor chance de toda a partida. Recebeu dentro da área um passe de Roger e conseguiu desviar antes da chegada do goleiro, mas mandou a bola para fora. No minuto seguinte, Rithely tentou de cabeça dentro da pequena área, mas novamente Diego apareceu bem.

Aniversariante, o goleiro Diego saiu do jogo feliz e disse que o “presente que eu queria era não tomar gol, mas eu quero também a camisa do Magrão”. Lanterna do primeiro turno, o Petrolina chega aos sete pontos com esse empate. Já o Sport perdeu a chance de chegar à liderança do Estadual na partida contra o Náutico, já que soma apenas 11 contra 15 dos alvirrubros, que lideram o Pernambucano.

Fonte: Brisa Comunicação e Arte - Especial para o Terra Brisa Comunicação e Arte - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade