0
Logo do Sport
Foto: terra

Sport

Luxemburgo e jogadores do Sport lamentam longo período sem entrar em campo

21 ago 2017
16h22
  • separator
  • comentários

O técnico Vanderlei Luxemburgo, junto com os atletas do Sport, comentou, nesta segunda-feira, sobre o longo período que a equipe pernambucana ficará sem disputar uma partida. O próximo jogo do Leão será apenas daqui duas semanas, contra o Grêmio, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ao ser questionado sobre o assunto, o treinador pentacampeão nacional ressaltou sua insatisfação e já pensou na preparação do elenco durante a folga forçada.

"Já tivemos duas semanas paradas. Ter um jogo na quarta-feira seria melhor, mas é o que tem. Vamos preparar a equipe e talvez tenhamos um jogo treino durante esse tempo", afirmou.

O volante Anselmo espera que o Sport aproveite o tempo sem partidas para continuar trabalhando em busca das primeiras posições na tabela. O clube de Pernambuco está provisoriamente na oitava colocação, com 29 pontos, apenas um atrás da primeira equipe dentro da zona de classificação para a Libertadores, o Cruzeiro.

"Seria melhor ter mais jogos para que a gente pudesse reverter esse clima de derrota. Mas não tem o que fazer, agora é trabalhar forte durante esse período para encarar o Grêmio. Temos potencial. Vamos voltar com a garra de sempre e manter o bom campeonato para conseguirmos a vaga na Libertadores ou coisas maiores", contou.

O também volante Patrick destacou a necessidade de reação do Leão na Série A, que não vence há quatro partidas. Para o jogador, o longo período sem entrar em campo aumenta o incômodo com o momento atual da equipe.

"O time não está vindo de resultados positivos, então quanto mais tempo ficar nessa situação, mas vai incomodar. Agora a gente tem esses dias para trabalhar e colocar a cabeça no lugar para na próxima partida, se reerguer na competição. O campeonato está equilibrado, as equipes de baixo estão pontuando e vão dificultar a nossa continuidade", disse.

"Vamos trabalhar e acertar para não cometer mais erros. Temos que voltar a incorporar o espírito competitivo que a gente vinha tendo. Esse era o nosso forte para conseguir as vitorias", completou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade