PUBLICIDADE
Logo do

Sport

Meu time

Hernanes agradece Sport pela chance, fala onde prefere jogar e projeta parceria com Thiago Neves

4 ago 2021 18h52
| atualizado às 18h52
ver comentários
Publicidade

Depois de rescindir com o São Paulo, Hernanes foi oficialmente apresentado como jogador do Sport nesta quarta-feira. O meio-campista agradeceu o clube pernambucano pela oportunidade e destacou que ainda tenho sonhos e objetivos para alcançar.

"Estou muito feliz para começar essa jornada e esse ciclo. Obrigado a todos, torcedores, diretoria e todos envolvidos na negociação. Como diz o nosso grandioso Alceu Valença, do qual eu sou fã, foi a saudade que me trouxe pelos braços. Ainda tenho sonhos e objetivos a alcançar. Quando estava para encerrar o ciclo anterior, eu pensava em qual cidade gostaria ou poderia viver e meu coração já falou Recife. Eu precisando de um lugar para mostrar meu futebol, e o Sport precisando o que eu tenho para oferecer. Foi uma conexão de momentos", disse o novo camisa 8.

O Profeta, como é apelidado, também aproveitou para comentar em qual posição ele deve atuar no Leão. Apesar de poder jogar em diversos setores do campo, ele revelou que os planos do técnico Umberto Louzer é colocá-lo como um terceiro homem de meio de campo, com liberdade para pisar na área dos rivais.

"Eu comecei como segundo volante no São Paulo, jogando com um sistema tático de três zagueiros, mas a cada ano que ia passando eu fui chegando mais a frente com menos determinações defensivas. Quando eu cheguei na Lazio eu já joguei quase como um segundo atacante. Eu jogava no 4-2-3-1 e estava atrás do atacante, como um 10, um segundo atacante. Joguei em várias posições. Mas eu venho para jogar", afirmou.

"Conversei rapidamente com o Umberto Louzer e nos entendemos sobre a posição que ele me vê, a posição que ele me imagina que eu possa contribuir mais e como eu mostrei ao longo da minha carreira é que eu posso jogar em várias posições. Mas a posição que eu posso render mais, dependendo de vários fatores, eu já conversei com ele é o terceiro homem do meio de campo e sendo um 10 ou um 8, mas tendo um pouco mais de liberdade para chegar ao ataque e que desfrutar das minhas melhores características que é o chute a gol, o poder de finalização e assistência para o ataque", completou.

Além de Hernanes, o Sport também conta com outro meia experiente no elenco. Trata-se de Thiago Neves, jogador que o ex-são-paulino conhece bem. Além de terem se enfrentado várias vezes, os dois já atuaram juntos pela Seleção Olímpica, em 2008.

"Sou fã. Admiro muito o futebol dele. Tivemos 40 dias de convívio durante as Olimpíadas, mas nos encontramos muito em campo jogando contra. Era sempre muito difícil, sempre deu muito trabalho. Poder jogar ao lado dele é um privilégio que facilita muito o jogo. Mas é uma questão do treinador, se ele vai conseguir poder escalar juntos ou um em detrimento do outro", falou.

Agora, o jogador de 36 anos vive a expectativa de estrear com a camisa rubro-negra. Para isso, no entanto, ele ainda terá que aprimorar a sua forma física, já que ele não entra em campo desde o dia 1 de junho.

"Eu já fiz todos os testes possíveis físicos ontem na minha chegada e estou fisicamente apto para treinar normalmente. Eu fiquei nesse intermédio de três semanas sem ter contato com bola e acredito que em duas semanas estarei pronto para Umberto me utilizar", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade