0

Sem Renato, Grêmio realiza último treino antes de partida contra o Brasil-RS

Jogo contra o lanterna da competição acontece neste domingo, às 17 horas, no estádio Bento de Freitas

16 fev 2019
18h40
  • separator
  • comentários

O Grêmio realizou na manhã deste sábado o seu último treino antes da partida fora de casa diante do Brasil, de Pelotas (RS), pela sétima rodada do Campeonato Gaúcho. O jogo acontece neste domingo, às 17 horas, no estádio Bento Freitas. Contra o lanterna da competição, a equipe tricolor busca a sexta vitória para ampliar a sua liderança. O time ainda não perdeu e soma 16 pontos, quatro à frente do vice-líder São José. O Internacional ocupa a quarta colocação, com 10.

O Grêmio vai preservar titulares no confronto deste final de semana. Paulo Victor, Pedro Geromel, Leo Moura, Bruno Cortez, Maicon e Luan serão poupados e não viajaram até Pelotas. Além disso, a equipe não contará com seu comandante no banco de reservas. Renato Gaúcho e seu auxiliar Alexandre Mendes estão em Teresópolis (RJ) para a realização do curso de treinadores da CBF, para o qual o técnico gremista não foi durante suas férias. Contra o Brasil-RS, o time será treinado pelo também auxiliar Vitor Hugo Signorelli, que comandou os treinamentos durante toda a semana.

A primeira parte da atividade deste sábado foi fechada à imprensa, que pode acompanhar apenas o rachão recreativo no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre. Depois do treino, Juninho Capixaba concedeu entrevista coletiva. O lateral-esquerdo deve ganhar uma chance em virtude da ausência de Cortez. "Por ser um time misto, não quer dizer que a gente não tenha que ir lá, impor nosso ritmo e sair com a vitória", comentou.

O jogador, que pertence ao Corinthians, também falou sobre a sua continuidade na equipe gaúcha. "Ainda não tem nada concreto. Meu empresário não chegou com nada para mim ainda. Pelas especulações, deve ter alguma coisa entre Corinthians e Grêmio. Vamos esperar os próximos capítulos. Se for da vontade do Grêmio, vai ser da minha vontade também", disse Juninho Capixaba.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade