0

Versátil, capitão do São Paulo na Copinha admite favoritismo

1 jan 2019
08h18
atualizado às 08h18
  • separator
  • 0
  • comentários

Se o São Paulo conquistar o tetracampeonato da Copinha em 2019, o versátil Diego será o responsável por erguer a taça no Estádio do Pacaembu. Só não se sabe se o capitão do time sub-20 terminará uma eventual decisão como zagueiro ou volante, já que executa as duas funções.

Com a sua polivalência, o jogador de 19 anos espera chamar atenção de André Jardine, técnico da equipe principal. Zagueiro de origem, atuou como volante nas conquistas da Copa do Brasil e da Supercopa do Brasil deste ano.

"Eu sempre joguei nas duas [posições]. Joguei de zagueiro o sub-17 todo como zagueiro e voltei para volante no sub-20. Isso é bom para o profissional e para onde for jogar sempre ter essa versatilidade nas duas posições", disse o atleta.

Acostumado a exercer e dividir a liderança dentro de campo, Diego herdou a faixa de capitão quando o zagueiro Walce foi convocado para defender a Seleção Brasileira sub-20 no Sul-Americano da categoria, em janeiro, no Chile.

"Tem um peso especial, mas temos vários líderes no grupo. Há uma confiança mútua, estamos preparados e tomo mundo é líder", destacou Diego, presente na campanha do vice-campeonato de 2018, quando o time perdeu para o Flamengo na final.

"Claro que a gente sentiu um pouco, mas fizemos um ótimo trabalho, colocamos nosso jogo e neste ano vamos buscar de novo. Estamos com um time muito forte e vamos trabalhar para sermos campeões", projetou.

Para Diego, o time do São Paulo é tão forte "que entra como favorito em qualquer competição. Temos essa responsabilidade desde quando a gente chega em Cotia. Vamos fazer valer a pena esse favoritismo".

Sediado em Araraquara, o São Paulo compõe o Grupo 7 da Copinha ao lado da anfitriã Ferroviária, do Serra-ES e do Holanda-AM. A estreia está marcada para o dia 3, às 21 horas (de Brasília), diante dos amazonenses.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade