PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Favoritar Time

Treinando separado do elenco, V. Bueno negocia rescisão com o Tricolor

17 jan 2022 14h08
| atualizado às 14h08
ver comentários
Publicidade

Vitor Bueno vem conversando com o São Paulo para rescindir o seu contrato. Desde 2019 no Tricolor, o meia-atacante está fora dos planos para 2022 e vem treinando separado do elenco, conforme revelou a reportagem da Gazeta Esportiva.

Com vínculo válido até o fim de 2023 com o Tricolor, Vitor Bueno chegou a ter conversas nesta janela para se transferir para o futebol japonês, entretanto, com o avanço da variante ômicron do novo coronavírus, o Japão decidiu fechar todos os seus consulados, impedindo a emissão de vistos de trabalho, motivo suficiente para as negociações esfriarem.

Fora esse interesse inicial de um clube japonês, Vitor Bueno recebeu sondagens de Grêmio, Ceará e Botafogo, mas todas elas por empréstimo. Como o jogador deseja deixar o São Paulo de forma definitiva, as tratativas com os times brasileiros também não avançaram.

Vitor Bueno chegou ao São Paulo em 2019, emprestado pelo Santos. Após uma primeira temporada positiva, o jogador foi envolvido em uma troca com Raniel, tendo 50% de seus direitos econômicos atrelados ao Tricolor.

Como o São Paulo devia R$ 13 milhões a André Cury pela compra de Raniel, é justo dizer que Vitor Bueno custou esse valor aos cofres tricolores, assinando na época um contrato de quatro temporadas.

Vitor Bueno foi o artilheiro do São Paulo em 2019, com apenas seis gols, mas se acostumou a ser titular sob o comando de Fernando Diniz. Ao todo o meia-atacante disputou 120 partidas com a camisa tricolor, balançando as redes 16 vezes e somando outras seis assistências.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade