0

"Subvalorizado", Luciano chega à vice-artilharia do São Paulo com status de decisivo

19 nov 2020
08h04
atualizado às 08h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Luciano foi o herói da classificação tricolor à semifinal da Copa do Brasil. Autor de dois dos três gols do São Paulo sobre o Flamengo nesta quarta-feira, o camisa 11 foi chamado de "subvalorizado" pelo técnico Fernando Diniz, que acredita que o atacante merece mais reconhecimento por tudo o que é capaz de fazer dentro de campo.

"O Luciano tem um potencial muito grande. Na minha opinião, é um jogador subvalorizado pelo que vi no Fluminense. Tive algumas conversas com ele sobre o potencial que ele tinha e o pouco espaço que tinha no futebol brasileiro", afirmou Fernando Diniz.

Com quatro gols nos últimos dois jogos, sendo decisivo para a vitória do São Paulo em ambas as ocasiões, Luciano precisou de pouco tempo para se consolidar como um dos titulares incontestáveis de Fernando Diniz. Agora, na vice-artilharia da equipe em 2020, com 11 gols, ao lado de Pablo, e formando uma dupla de sucesso com Brenner no ataque, o jogador vive o melhor momento de sua carreira.

"No Fluminense, o Luciano conseguiu corresponder e hoje, no São Paulo, está ganhando o espaço que ele merece, pelo profissional que é, um cara que está sempre trabalhando, não lembro dele no departamento médico nem para ficar se recuperando. Ele merece muito o momento que está vivendo", completou o comandante tricolor.

Desde que chegou ao São Paulo, no final de agosto, já marcando gol em sua estreia, contra o Bahia, no Morumbi, Luciano já balançou as redes 11 vezes, deu cinco assistências e participou diretamente de 16 gols em 21 jogos disputados. Números que escancaram a importância que o jogador tem na equipe tricolor.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade