0

São Paulo tem pior média de gols sofridos entre os clubes da Série A em 2020

25 set 2020
09h22
atualizado às 09h22
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A defesa do São Paulo em 2020 é um dos principais problemas que o técnico Fernando Diniz tem de resolver. Após terminar o Campeonato Brasileiro do ano passado como o time menos vazado da competição, o Tricolor agora amarga o fato de contar com a pior média de gols sofridos entre os clubes da Série A na atual temporada.

Até aqui o São Paulo já disputou 27 partidas e sofreu 33 gols, uma média de 1.22 gol por jogo. Após a paralisação das competições devido à pandemia do novo coronavírus, a fragilidade da defesa tricolor ficou ainda mais exposta: foram 15 jogos e 24 gols sofridos.

Vale lembrar que neste ano o São Paulo já teve duas duplas de zaga diferentes atuando como titular. No Campeonato Paulista e nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, Bruno Alves e Arboleda compunham o setor. A partir da vitória por 1 a 0 sobre o Sport, porém, o jovem Diego Costa e o lateral-esquerdo Léo, improvisado, se tornaram as primeiras opções de Diniz.

A lateral direita também passou por mudanças. O experiente Juanfran, ex-Atlético de Madrid, deu lugar ao jovem Igor Vinícius, aposta de André Jardine, após a derrota para o Vasco da Gama, em São Januário. O camisa 2 do São Paulo vem sendo titular há nove jogos.

Neste sábado, contra o Internacional, o Tricolor terá um ótimo teste para a defesa. Enfrentando o vice-líder do Campeonato Brasileiro, a equipe comandada por Fernando Diniz pode subir para a segunda colocação em caso de vitória em Porto Alegre. Mas, para o resultado positivo acontecer, não basta fazer o gol. A defesa, que vem vacilando, precisa fazer seu papel.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade