2 eventos ao vivo
Logo do São Paulo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

São Paulo

São Paulo não pretende vender Rodrigo Caio nesta janela

8 ago 2018
14h04
atualizado às 14h04
  • separator
  • comentários

Em meio a especulações ligando seu nome a clubes do exterior, Rodrigo Caio, aparentemente, não deverá deixar o São Paulo nesta janela de transferências. Ainda se recuperando de cirurgia para reparar uma instabilidade ligamentar no pé esquerdo, o zagueiro revelado pelo Tricolor tem grandes chances de seguir no clube, que não planeja se desfazer de mais ninguém após perder atletas importantes, como Petros e Marcos Guilherme.

"Estamos aí para conversar, mas uma coisa que queria falar sobre o Rodrigo Caio é que ele pertence ao São Paulo, foi criado no São Paulo e se não tiver que sair, não vai sair. É um jogador técnico, que eu conheço, gosto desse jogador. Vamos ajudá-lo da melhor maneira possível", afirmou o coordenador de futebol do São Paulo, Ricardo Rocha.

Campeão olímpico no Rio de Janeiro, em 2016, e presente em algumas convocações do técnico Tite para defender a Seleção Brasileira principal, Rodrigo Caio fez seu último jogo pelo São Paulo no último dia 22 de abril, no empate em 0 a 0 com o Ceará, em Fortaleza, pela segunda rodada do Brasileirão.

De lá para cá, o zagueiro passou por cirurgia e trabalhou em dois períodos no Reffis para se recuperar completamente. Agora, Rodrigo Caio segue fazendo sua transição para o campo visando seu retorno aos gramados, onde não terá vida fácil para reassumir a titularidade, uma vez que os outros três defensores tricolores, Bruno Alves, Arboleda e Anderson Martins, vivem excelente fase.

"O Rodrigo Caio pertence ao São Paulo, tem contrato com o São Paulo. Se vier uma proposta boa para o São Paulo, para o jogador, vamos conversar. Conversando com o Raí, disse que não podemos descartar ninguém, temos que resgatar todos os jogadores que pertencem ao São Paulo", completou Ricardo Rocha.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade