2 eventos ao vivo

Raí fala em evolução no São Paulo e desconversa sobre falta de opções no elenco

21 abr 2019
20h52
  • separator
  • 0
  • comentários

O diretor de futebol do São Paulo, Raí, fez questão de comentar sobre a evolução que o time vem tendo desde a demissão do técnico André Jardine após a derrota por 2 a 1 para o Corinthians, neste domingo, em Itaquera. Iniciando a fase mata-mata do Paulistão como zebra, o Tricolor acabou chegando à final surpreendentemente e só perdeu o título aos 44 minutos do segundo tempo graças ao gol de Vagner Love.

"Nos detalhes, acabou se definindo a partida, e nesse jogo houve poucas chances, menos aberto do que o primeiro [jogo], mas nervoso como qualquer final. O que a gente pode dizer para o torcedor do São Paulo é que a gente está triste, tão triste quanto eles, e vamos continuar trabalhando. Tem muita coisa que dá para ver que evoluiu e que dá para evoluir, temos ainda muita coisa pela frente esse ano", disse Raí.

Apesar da evolução são-paulina, neste domingo o time sofreu com a falta de opções para repor jogadores chave, como Pablo e Liziero. Pato e Tchê Tchê, que certamente preencheriam as lacunas deixadas pela dupla, não chegaram a tempo de serem inscritos no Paulistão.

"Nós tivemos muitas contusões de jogadores chave, isso acabou atrapalhando. O Pablo, Carneiro, jogadores que seriam melhores opções. Temos que pensar agora para frente e, com certeza, vamos começar o Brasileiro pensando em grandes objetivos", prosseguiu Raí, desconversando ao ser questionado se sentia responsável pela falta de opções no elenco para a final do Paulistão.

"Nós temos uma comissão técnica, um elenco e jogadores que já estão prontos para enriquecer o nosso grupo. O clube já vai ver que a evolução vai ser eminente. Tivemos uma classificação lá no Allianz e hoje deixamos escapar nos últimos minutos de novo", concluiu o cartola e ídolo tricolor, lamentando mais uma derrota para o Corinthians.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade