3 eventos ao vivo

Presidente do São Paulo, Leco deixa UTI, mas segue em hospital para tratar coronavírus

Dirigente está internado desde o dia 9 após ter contraído covid-19 e apresentou melhora em seu estado clínico

21 set 2020
22h55
atualizado às 22h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O São Paulo informou na noite desta segunda-feira que o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, apresentou melhora em seu quadro clínico e teve alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hcor. O dirigente está internado no hospital desde o dia 9 após ter contraído o novo coronavírus.

"Com a evolução positiva do quadro, o Presidente seguirá seu tratamento sob cuidados médicos em um apartamento do HCor. O Presidente se encontra em bom estado clínico e em processo de plena recuperação", informou o São Paulo, em comunicado. "O São Paulo agradece a imensa solidariedade recebida nos últimos dias e retribui as mensagens de apoio e afeto."

Leco tem 82 anos de idade, fazendo parte do grupo de risco para a covid-19. O estado de saúde e a recuperação do dirigente vinham sendo mantido em sigilo pelo clube desde a internação, no dia 9.

O dirigente assumiu a presidência do São Paulo em outubro de 2015. Desde então, o clube vive má fase, não tendo conquistado nenhum título nesse período, o que atraiu muitas críticas da torcida tricolor a sua gestão. Em dezembro de 2019, conselheiros chegaram a entrar com pedido de impeachment contra o presidente, mas a situação acabou não indo até o final.

O mandato de Leco irá até o dia 31 de dezembro de 2020. A eleição está prevista para ser realizada no mês de dezembro, a depender de como estiver a situação da pandemia. Os principais candidatos a substituir Leco são Júlio Casares (situação) e Roberto Natel (oposição).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade