PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

Por motivos pessoais, Claudio Mortari deixa o comando do basquete Tricolor

29 out 2021 12h47
| atualizado às 12h47
ver comentários
Publicidade

O São Paulo anunciou, nesta sexta-feira, que Claudio Mortari deixou o comando do time de basquete. Desde o fim de 2018 a frente da equipe, quando o projeto da modalidade foi retomado, o profissional alegou motivos pessoais e saiu em comum acordo com a diretoria.

Mortari fez história no clube. O são paulino de 73 anos esteve entre os melhores técnicos em todas as competições que o São Paulo disputou. O Tricolor foi campeão paulista nesta temporada e antes tinha sido semifinalista em 2019 e 2020.

O time também foi semifinalista da BCLA 2020 (Champions League das Américas), além de vice-campeão da Liga Ouro 2019/20 e do Super 8 2020/21. No NBB, o time conquistou o vice-campeonato na temporada passada e foi terceiro colocado em 2019/20, encerrada antes dos playoffs por conta da covid-19. 

Além disso, sob o comando de Claudio, o São Paulo teve os dois últimos MVPs do NBB (Georginho na temporada 2019/20 e Lucas Mariano na temporada 2020/21).

A equipe passará a ser comandada por Bruno Mortari, filho do treinador. Bruno também está no projeto do basquete Tricolor desde o início e terá como auxiliar Enio Vecchi, que também já faz parte do clube. 

A estreia de Bruno será nesta sexta-feira contra o Brasília, às 20 horas (de Brasília), no ginásio do Morumbi.  

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade