PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Favoritar Time

Patrick é apresentado no São Paulo e fala sobre lado emotivo: 'Vou continuar sendo eu'

Jogador é o quinto reforço do Tricolor na temporada 2022

21 jan 2022 14h02
ver comentários
Publicidade

O meio-campista Patrick, de 29 anos, foi o quinto reforço apresentado pelo São Paulo. Nesta sexta-feira (21), o jogador concedeu entrevista coletiva e mostrou personalidade, característica que o técnico Rogério Ceni sentiu que faltou ao time na última temporada.

São Paulo apresenta o meio-campista Patrick (Reprodução / Youtube)
São Paulo apresenta o meio-campista Patrick (Reprodução / Youtube)
Foto: Lance!

- Eu sou um cara emotivo, principalmente dentro da partida. Quanto mais eu estiver vibrando dentro do jogo, melhor para minha performance. Vou tentar cobrar, brigar com juiz, vou tentar dar meu melhor para o São Paulo dentro e fora de campo - disse Patrick.

- Diante dos clássicos e dos jogos que eu tiver pelo São Paulo, vou continuar sendo eu. Se tiver que acontecer alguma coisa, vai acontecer. Mas, é sempre lutar e buscar a vitória com a camisa do São Paulo. O pensamento é esse - falou o meia.

O camisa 88 optou em não dizer como prefere atuar no clube paulista. Segundo o meia, o técnico Rogério Ceni sabe de suas características e vai encaixá-lo da melhor forma possível no time.

- É difícil chegar e dizer que quer jogar numa posição e ponto. Tenho conversas com o Rogério, ele sabe das minhas características. De acordo com o esquema tático, ele vai conversar sobre posicionamento. Ele me deixou à vontade pra dar opinião - disse.

- Sou de trabalhar, de batalhar no dia a dia. Se aparecer a vaga aberto na esquerda, vou fazer, se for dois volantes, vou fazer. Meu foco é, como todos já sabem que faço essas funções, no que ele precisar eu estar pronto para ajudar - afirmou Patrick.

Patrick, que treina forte com o elenco tricolor durante a pré-temporada e quer uma vaga no time titular. O meia está satisfeito com os diálogos com o comandante nos primeiros dias no novo clube.

- As primeiras conversas (com Rogério Ceni) foram bem boas. Ele expôs suas vontades e pensamentos, me coloquei à disposição. Ele sabe que posso jogar como volante por dentro ou aberto. Ele está avaliando. Se eu corresponder e conseguir a vaga, ele vai me usar na posição que eu possa render mais - completou o meia.

O São Paulo estreia no Campeonato Paulista no dia 27, quando enfrenta o Guarani, em Campinas.

Lance!
Publicidade
Publicidade